DELÍCIAS DE OUTONO: O PRATO QUE VIROU FEBRE ENTRE OS PAULISTANOS


   Por aqui já demos dicas de sopas e fondue, dois clássicos dignos para combater o frio. Mantendo essa linha de comidas calorosas, nesta semana trazemos uma dica gourmet que virou febre na capital paulista: o Lammen. E para apreciar esse prato maravilhoso nada melhor do que indicar a casa mais tradicional da cidade, o Lamem Kazu.

 Referência em qualidade e tradição, o pequeno restaurante existe desde 2008 no bairro da Liberdade. O toque autêntico dos pratos que dão nome a casa vem graças a uma cooperação com a empresa Try, que administra uma cadeia de restaurantes na província de Chiba, Japão, e especializada em missô lámen, que ajuda a trazer sabores exclusivos com sal e shoyu, voltados ao mercado brasileiro.

 A casa possui mais de 10 opções, incluindo versões vegetarianas e você ainda pode incluir ingredientes como ovo cozido, milho, menma (broto de bambu) e wakame (alga marinha), entre outros. Há também porções de guioza e bebidas como Umeshu (licor de Ameixa) e Sake - Massu (Takashimizu e Nambubijin).

 Para sobremesa o destaque é o delicioso choux cream, uma espécie de carolina de creme, que de tanto sucesso acaba às vezes antes do jantar. A dica é chegar cedo e ter paciência. Por ser um local pequeno e famoso sempre tem fila de espera. Deu água na boca?

 O Lamem Kazu fica na rua Tomás Gonzaga, 51, Liberdade, e funciona  de segunda a sábado das 11h às 15h, e das 18h às 22h30; e nos domingos e feriados, das 11h às 15h e das 18h às 21h.

#delíciasdeoutono, #lammenkazu



FECHE OS OLHOS E DESCUBRA O FASCINANTE MUNDO DOS VINHOS!

  Você sabe escolher um bom vinho, diferenciando aroma, sabor e qualidade? Se quiser mergulhar nesse universo fascinante, embarque em uma vivência diferente e intimista: a degustação de olhos fechados, ou às cegas como também é conhecida, que vai acontecer no dia 29, quinta-feira, em São Paulo, entre flores, essências e aromas.

                                                           MICHELE MONTANHA
   A ideia é oferecer um conhecimento mais profundo e não apenas aprendizado técnico para harmonizações. Mas, sim uma real interação com a bebida sob nova perspectiva. Com os olhos vendados, é possível explorar melhor os próprios sentidos, ficando por alguns momentos a sós consigo mesmo e sem olhar para o outro. Além disso, há também maior sensação de liberdade pelo fato não estar sendo observado.

 Essa técnica nos leva a construir a concepção do que realmente gostamos, quebrando preconceitos e condicionamentos. Ou seja: conseguimos distinguir o que realmente nos agrada e não o que nos foi informado. Outra vantagem é ter uma aproximação maior com a uva sem a interferência de harmonizações.

 Deu vontade de conhecer? A experiência será feita no Atelier Travessia e conduzida por Michele Montanha, que escreve semanalmente aqui no blog a coluna Prazeres do Vinho. Ela é master of Science in Wine Management, com diploma pela Universidade de Paris Quest, na França e com grande experiência nacional e internacional.
 
                                                                                                                            CA CAU                              
    A trilha sonora será conduzida pelo músico e artista
CA CAU, idealizador do Atelier Travessia, que fica na rua Minas Gerais, 201, Higienópolis, das 20h às 22h. Preço: R$ 120,00 (somente ingressos antecipados). São apenas 15 participantes.  
  Para saber mais clique aqui 
 E seja muito bem vindo a esse incrível mundo de essências, aromas e descobertas sensoriais!   






DO HOTEL CINCO ESTRELAS PARA O ALTO MAR


  A The Ritz-Carlton Company, uma das mais sofisticadas redes hoteleiras do mundo, vai explorar um novo segmento: o de iates de luxo. A companhia levará para o mar sua arte de hospitalidade com o lançamento do The Ritz-Carlton Yatch Collection.
  
 Os mega iates terão 149 suítes, para 298 hóspedes, todas com sua própria varanda, e várias penthouses duplex. “Este é um novo conceito de luxo para os hóspedes descobrirem o mundo relaxados em um atmosfera casual elegante com serviços personalizados”, diz  Herve Humler, CEO da companhia.

 Os roteiros vão percorrer alguns dos lugares mais glamourosos ao redor do mundo, cruzando os mares do Mediterrâneo, Norte da Europa, Caribe e América Latina. A vantagem é que os iates podem navegar por lugares, como a ilha de Capri, Portofino (Itália) e St Barth (Caribe), que não comportam navios de grande porte.

 As reservas começam em maio de 2018 e as viagens, nos primeiros meses de 2019.

#theritzcarltonyatchcollection

O MUST CONFORT DA ESTAÇÃO: MOLETOM

 Com a chegada de uma frente fria digna de três camadas de cobertor, só de pensar em deixar a cama quentinha e aquele moletom maravilhoso já dá preguiça, mas e se você não precisasse abandonar aquele companheiro que te deixa super aquecida?

 O nosso trend alert da vez é o moletom, peça super confortável e que nunca te deixa na mão, tem sido visto nas ruas com looks mega estilosos para nenhuma fashion girl botar defeito.

 A verdade é que o moletom deixou de ser aquela peça só para usar em casa há algum muito tempo e nesta estação ele vem com tudo e em várias combinações, desde looks hi-lo (com um salto ou uma saia lápis), para o trabalho e para a balada até os basicões e comfy do dia a dia. Sim, o moletom se tornou uma peça trendy e essencial no guarda roupa.

 Nas ruas você deve ter reparado que ele foge do clássico, como os modelos maxi, mais compridos ainda, podem ser usados como vestido que ficam maravilhosos com botas over the knee (outro hit da estação), e também tem os croppeds que se adaptam ao mega hit do verão.

  A dica para quem não gosta de silhuetas mais amplas é dar aquela contraposição da peça volumosa com outras mais sequinhas na parte de baixo.

 E se engana quem acha que não pode mudar um pouco o clássico casacão. Para dar uma fugidinha do óbvio, combine a peça com um tecido plano ou alfaiataria para ter aquele contraste maravilhoso no look.

 Ah... a saia midi é sempre uma ótima pedida para combinar com o moletom e ainda dá aquele toque de estilo que a gente ama. E para te inspirar ainda mais, aqui vão alguns looks totalmente infalíveis com moletom que você pode roubar sem medo.




7 ESCONDERIJOS DE LUXO SOBRE AS ÁRVORES DO MUNDO

 Lembra daquela fantasia infantil de ter uma casinha no alto da árvore? Pois agora são os adultos que cruzam o mundo em busca de bem equipadas casas instaladas no topo de pinheiros, entre mar e montanhas, mas com muita privacidade e vistas de perder o fôlego. Aliás, esse conceito é muito tendência no segmento das viagens de luxo.

 Segundo pesquisa da plataforma Hoteis.com, a procura por esse tipo de hospedagem cresceu 30%. Para as casas mais luxuosas, o aumento foi de 33%. Hoje, elas são encontradas em qualquer lugar do mundo nos mais diversos formatos e preços. Dá só uma espiada nestes 7 refúgios pendurados em árvores ou encostas para vivências muito especiais. 

PALAFITA CHIC

Keemala – Tailândia
Aqui, você fica muito bem instalado em cabanas de palafitas em formato de ninhos de pássaros e tem piscina privé de borda infinita para dar um mergulho à beira de um penhasco a 30 m de altura. Deu vontade de conhecer? Essa experiência fantástica é oferecida pelo Keemala, uma espécie de país das maravilhas, a apenas 40 minutos de Phuket, na Tailândia. Tem vilas exclusivas, gigantes chuveiros com jatos perpendiculares e banheiras independentes com vista para a floresta tropical. Praias paradisíacas, spa, drinks ao pôr do sol e piqueniques com champanhe também estão nesse menu de experiências incríveis. Diárias a partir de R$ 1.170.


DESIGN ECOLÓGICO 

Tree Hotel – Suécia
Você não abre simplesmente a porta do quarto, mas sim faz uma escalada para alcançar a sua suíte lá em cima... na copa da árvore. O Tree Hotel, na Suécia, tem estilosas ecocasas projetadas individualmente em diversos formatos. Pode optar por dormir entre altos pinheiros em um cubo de espelhos, um ninho de passarinhos ou ainda em uma nave espacial. Todas elas têm em comum redes enormes para que seus hóspedes observem as estrelas enquanto aguardam as luzes da Aurora Boreal. Ah... há ainda sauna no alto da árvore e restaurante com comida típica caseira. Diárias a partir de R$ 1.508.


BALANÇO SOBRE O MAR


 O palco de fundo é o mal azul turquesa de Tulum, no México, onde você pode ficar escondidinho, mas com todo conforto. O Azulik é um ecoresort e spa só para adultos, aliás, um dos preferidos das celebridades. Além de muita privacidade, os hóspedes são atraídos pelas vilas com casas em madeira cercadas de vistas incríveis. Têm ainda banheiras de mosaico ao ar livre, um deck com balanço e cama balinesa pendurada. No quesito gastronomia, o restaurante Kin Toh, construído 12 metros acima da floresta maia, oferece uma degustação de 12 pratos, acompanhado de performances artísticas. Quartos a partir de R$ 1.586.

RESORT NA FLORESTA

Four Seasons Resort – Costa Rica
 Esse luxuoso resort, na encosta de uma montanha com vista para as praias da península Papagayo, na Costa Rica, está a 97 m acima do nível do mar e, mesmo não sendo tecnicamente uma casa na árvore, seus quartos ficam alinhados às copas das árvores da floresta tropical. As suítes 5 estrelas têm piscina. Há ainda campo de golfe, um eco campo de aventura para as crianças e muitas atividades. Outro diferencial é que o hotel coordena um programa de voluntariado, dando aos hóspedes a oportunidade de ajudar escolas locais ou a conservar o meio ambiente. Quartos a partir de R$ 2.049 por noite.

O RÚSTICO CHIC DA SELVA


O refúgio está localizado no coração do Garden Route, na África do Sul. Com um charme rústico, as suítes no topo das árvores são puro luxo. Têm o próprio spa/banheiro, lareira e até uma piscina de borda infinita. O hotel ainda oferece uma experiência inusitada: jantar em um deck suspenso sobre a floresta. Ali também é servido o café da manhã e o almoço. Quartos a partir de R$ 1.183 por noite.

NAS ALTURAS DA ILHA


Mais secreto, impossível: instalado em um terreno baixo da ilha Tioman, na Malásia, o Japamala Resort só é acessível por barco. Pequenas passarelas conectam as casas nas árvore, com vista para o Mar da China Meridional. Ele foi especialmente projetado para aqueles que amam a natureza e querem uma experiência diferente, sem abrir mão do conforto. Dá para curtir uma hidromassagem na banheira sobre as árvores, jantar em seu restaurante de palafitas ou caminhar na selva até a aldeia mais próxima. Quartos a partir de R$ 942 por noite. 


PÉ NA AREIA

  No cenário tropical da Costa Esmeralda, na Nicarágua, você acorda ao som das ondas e de muitos pássaros tropicais. As vilas, que são casas nas árvores, têm piscinas, chuveiros balineses ao ar livre e um deck privativo, perfeito para o melhor pôr do sol no Pacífico. O restaurante à beira-mar é iluminado por grandes lanternas. Para ficar ainda mais zen, aulas de ioga são dadas no deck suspenso com uma vista deslumbrante da selva. Quartos a partir de R$ 448 a diária.

#casasnaárvore, #hotelcom, #luxo


NOVO GOLPE ENVOLVE A RECEITA FEDERAL. NÃO CAIA NESSA!

 
   Chega a ser revoltante o número de golpes que tem aparecido nos últimos tempos e não estão mais focados apenas na internet. 
O mais novo vem através do correio em forma de uma carta usando o nome da Receita Federal para tentar roubar dados bancários de contribuintes.

   Segundo a própria Receita Federal, o contribuinte recebe por carta, em sua casa, uma intimação para regularização de dados cadastrais. Na carta há um endereço eletrônico para acesso e atualização de dados bancários. Mas o endereço informado não tem nenhuma relação com o site da Receita.

  A dica é: se você receber alguma carta do tipo, ignore. Caso tenha alguma dúvida se existe mesmo qualquer inadimplência verifique no site oficial do orgão. E se não conseguir utilizar os serviços no próprio site, procure um Centro de Atendimento ao Contribuinte em umas das unidades da Receita Federal no seu Estado.

 Vale ressaltar que a Receita Federal apenas pede dados de pessoas físicas para fins de débito automático ou depósito de restituição do imposto de renda. Em ambos os casos, a informação é fornecida na Declaração do Imposto de Renda e pode ser alterada no Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC).

  Fiquem atentos!

#golpe, #receitafederal


PRAZERES DO VINHO: BRASILEIROS INVESTEM NA PRODUÇÃO EM PORTUGAL

POR MICHELE MONTANHA
  Portugal parece ser a bola da vez. Se há algum tempo atrás os portugueses migravam para o Brasil em busca de oportunidades, o caminho tem sido inverso e brasileiros partem para pátria irmã, seja para investir ou abrir novas frentes.

  E para quem trabalha com vinhos, não é diferente. Profissionais e empresários brasileiros apostam no país. Prova disso é a matéria recente realizada pelo jornal Valor Econômico, que destaca empresários brasileiros de diferentes segmentos investindo na produção de vinhos na região do Douro, em Portugal.

   Segundo o jornal português Mundo Lusíata, o Brasil investiu 127 milhões de euros no primeiro trimestre em vistos Gold, um montante superior ao registrado em todo o ano de 2016. Esses números têm como base os dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). Só fica atrás da China, que tem investido mais pesado não somente em Portugal, como em outros países da Europa.
  
 Outro veículo que deu manchete ao assunto foi o Jornal do Comércio, confirmando o interesse por empresários brasileiros no setor vinícola do país. O foco por parte dos empresários brasileiros é investir em vinícolas e lojas de vinhos.

 A publicação cita ainda como fonte o deputado gaúcho Mauro Pereira (PMDB), que acredita que uma das razões seria a praticidade, já que o Brasil possui um elevado IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), o que encarece muito o preço dos vinhos no Brasil.

  O cônsul geral de Portugal no Brasil, Paulo Lourenço, já havia destacado em entrevistas que o país oferece uma oportunidade confortável e com risco controlado.

  Há um outro atrativo: o espaço Schergen. Nessa área os cidadãos da União Europeia, assim como os de terceiros países, podem circular livremente sem se submeterem a controles nas fronteiras.

Michele Montanha é jornalista e Master of Science in Wine Management, com diploma pela Universidade de Paris Ouest, na França, e OIV (International Organisation of Vine and Wine)

#prazeresdovinho, #portugal