'TRUMP ME DEIXOU UMA CARTA GENEROSA', DIZ BIDEN NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO

 
    Mal tomou posse, o presidente Joe Biden surgiu no Salão Oval da Casa Branca pela primeira vez, na tarde desta quarta-feira (20),  para assinar novas ordens executivas e falar sobre a carta particular que Donald Trump deixou para ele.

 "O presidente escreveu uma carta muito generosa", disse Biden. E completou: "Porque é privada, não vou comentar sobre isso até falar com ele. Mas, foi generoso". 

   Deixar uma nota no Resolute Desk no Salão Oval foi uma das poucas tradições que Trump seguiu na transferência do poder ao seu sucessor.


   Trump não compareceu à cerimônia de posse e deixou a sede do poder americano às 10h (horário de Brasília), em direção a uma base aérea. 

  Depois, em rápido discurso de despedida, ele agradeceu aos americanos: "Foi a maior honra da minha vida ter presidido este país". Disse ainda que sua tarefa com a pátria estava apenas começando e que deveria retornar. 


PRIMEIRAS ORDENS

  Biden assinou três ordens executivas: uma ordenando o uso de máscara facial em todos os departamentos federais; outra fornecendo "apoio a comunidades carentes; e a terceira foi a retomada do acordo climático de Paris.

  Biden disse ainda que assinará uma série de ordens executivas nos próximos dias.

   A cerimônia de posse foi realizada sob um forte aparato policial e barricadas de segurança. Ninguém conseguiu se aproximar do local. 

   Ao entrar na Casa Branca, acompanhado da primeira-dama Jill Biden, o novo presidente disse: "Parece que estou indo para casa".




JACK MA, DONO DO ALIBABA, FAZ REAPARIÇÃO VIRTUAL E SEU IMPÉRIO VALE AGORA US$ 58 BILHÕES!


    Sumido desde outubro, o magnata chinês Jack Ma, fundador do gigante de e-commerce Alibaba, fez sua primeira aparição virtual nesta quarta-feira (20).

    Ninguém o viu publicamente. Mas, a mídia chinesa, informou que ele participou de uma teleconferência com 100 professores rurais chineses.

    Na verdade, foi um evento online de premiação do Jack Ma Rural Teachers Awards, prêmio lançado pela fundação do milionário em 2015 e que acontece anualmente.

   Não houve explicações sobre o motivo do seu desaparecimento em público e das mídias sociais onde fazia postagens constantes. 

  No final do evento online, ele teria dito que "nos encontraremos novamente assim que a pandemia acabar", publicou o Tianmu News, site da província de Zhejiang, leste da China e sede da plataforma Alibaba. 

  Segundo o Bloomberg, ele apareceu por menos de um minuto, tempo suficiente para os investidores respirarem aliviados e seu império agora é de US$ 58 bilhões.

  Este foi o valor de mercado que o Alibaba Group Holding Ltd alcançou assim que o vídeo com Jack Ma começou a circular.  

 A falta de notícias do bilionário chinês causou várias especulações no mundo inteiro. Porque ele desapareceu em um momento de muita pressão sobre seus negócios vinda do governo.

   O Ant Group, comandado por ele, foi acusado pelos orgãos reguladores chineses de monopólio por afastar concorrentes e prejudicar consumidores.

  A plataforma Alibaba também estava sendo investigada no país pelo eventual comportamento monopolista.

  O The Wall Street Journal publicou que a China estaria tentando reduzir os negócios de Jack Ma, assumindo uma participação maior em seu império.

  O fato é que ninguém sabe ao certo o que aconteceu com o magnata para tirá-lo de circulação. E, claro, na rápida aparição ele não tocou no assunto.

  Apenas ficou mais rico!







TERREMOTO DE 6,4 ATINGE DA ARGENTINA E ABALOS SÃO SENTIDOS NO BRASIL!

    Um terremoto de magnitude 6,4 atingiu a província de San Juan, no oeste da Argentina, próximo à fronteira com o Chile, na noite de segunda-feira (18).

   O tremor ocorreu às 23h46 (horário de Brasília) e foi sentido em várias regiões do país, como Mendoza, Córdoba, Santa Fe, La Rioja e em diversos bairros da capital Buenos Aires. 

   Os abalos também foram percebidos no Chile, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, e até mesmo em São Paulo, onde alguns moradores comentaram nas mídias sociais.

   O epicentro original foi na região de Media Agua, a uma profundidade de 8 km. Até o momento não há registro de vítimas fatais. 

  Várias pessoas tiveram ferimentos leves, outras traumatismos um pouco mais severos, mas estão se recuperando, segundo o jornal Clarin.   

    Várias casas foram atingidas em diversos municípios da província e moradores, evacuados.

   O presidente do pais, Alberto Fernandez, foi à província da tarde desta terça-feira (19) para averiguar os danos.  







SINAL DE FUMAÇA: ENSAIO DA POSSE DE BIDEN É CANCELADO!


    O clima está muito tenso em Washington D.C: o ensaio para a posse de Joe Biden foi cancelado na manhã desta segunda-feira (18) e todos os presentes retirados do local devido a uma "ameaça de segurança externa".

   É que uma fumaça foi vista saindo de um prédio atrás do Capitólio. Fotos e vídeos mostram pessoas correndo das arquibancadas sob o toque de um alerta de evacuação. 
 

   Funcionários foram avisados, por mensagem de texto, para ficarem longe das janelas.

   Ninguém sabe exatamente qual foi a origem da fumaça. Ninguém ficou ferido, mas todos sentiram medo. 




PARLER REAPARECE ONLINE: 'EM BREVE ESTAREMOS DE VOLTA, DIZ CEO!

 

    Uma aparição online relâmpago do site Parler neste domingo (17) deixou os internautas intrigados.

    E para completar tinha uma postagem do seu CEO, John Matze: Olá mundo, isso está ligado?"

   Ele aproveitou também para postar uma mensagem temporária em seu status:

  

 “Agora parece ser o momento certo para lembrar a todos vocês - os que amam e odeiam - porque começamos esta plataforma. Acreditamos que a privacidade é fundamental e a liberdade de expressão essencial, especialmente nas redes sociais. Nosso objetivo sempre foi fornecer uma praça pública apartidária onde os indivíduos possam desfrutar e exercer seus direitos. Resolveremos qualquer desafio e planejamos recebê-los de volta em breve. Não vamos deixar o discurso civil perecer! ”

   Matze não entrou em detalhes, mas seu post sugere que ele conseguiu encontrar um novo serviço de hospedagem, uma semana depois de ser banido da Amazon e das lojas virtuais da Apple e do Google.

    O retorno do Parler pareceu ser mesmo apenas um teste, porque no início da noite já estava offline novamente.

    A rede social foi acusada de incitar a violência logo após a invasão do Capitólio dia 6 de janeiro, quando recebeu milhares de novos seguidores.

   Matze também entrou com um processo na Justiça americana, pedindo à Amazon que restabelecesse o serviço e pedido de indenização por quebra de contrato.


55 PESSOAS MORREM APÓS SEREM VACINADAS NOS ESTADOS UNIDOS!

    Diante de doenças e vacinas novas, elaboradas com muita rapidez, todo cuidado é pouco: 55 pessoas morreram nos Estados Unidos após receberem as vacinas contra o coronavírus da Moderna e da Pfrizer-BioNTech.

   Esses óbitos estão registrados no Vaccine Adverse Event Reporting System (VAERS), um banco de dados federal, informa o jornal The Epoch Times.

  Em alguns casos, pacientes faleceram poucos dias após serem vacinados.

  Os relatórios VAERS podem ser preenchidos por qualquer pessoa, incluindo profissionais de saúde, pacientes ou familiares. "Muitas vezes carecem de detalhes ou podem conter informações erradas", diz o site oficial.

  Mesmo assim, os relatórios representam "apenas uma pequena fração dos eventos adversos reais", diz o site, embora considere que a subnotificação seja menos comum para eventos graves.

    Além dos óbitos, as pessoas relataram 96 eventos com risco de vida após as vacinações, bem como 24 incapacidades permanentes, 225 hospitalizações e 1.388 visitas ao pronto-socorro.

   O FDA (Food and Drug Administration) disse ao jornal que "quaisquer relatos de morte após administração de vacinas são imediata e rigorosamente investigados" pelo FDA junto com os centros para controle e prevenção de doenças.

  Uma porta-voz do FDA lembrou que "geralmente não é possível descobrir a partir de dados VAERS se uma vacina causou um evento adverso.

  O órgão regulador americano ressalta que ambas "são vacinas seguras e eficazes" e que dispõe de dados para demonstrar isso.


CASO ESTRANHO

  Gregory Michael, um médico de 56 anos que trabalhava no Mount Sinai Medical Center, em Miami, foi imunizado em 18 de dezembro de 2020. Ele morreu 16 dias depois, relata o Epoch Times.

  A mulher dele, Heide Neckelmann, escreveu em sua página do Facebook que o marido era 'muito saudável' antes de ser vacinado.

  Foi internado em uma UTI com diagnóstico de púrpura trombocitopênica idiopática aguda, um distúrbio do sangue causado por uma reação à vacina. E veio a óbito.

  "Ele era um defensor da vacina. Acredito que as pessoas devam estar cientes de que efeitos colaterais podem acontecer, que ela não é boa para todos. Neste caso destruiu uma vida linda, uma família perfeita. Não deixe sua morte ser em vão; por favor, salve mais vidas tornando essa informação notícia".


  Em comunicado, a Pfizer disse que não há evidência mostrando uma ligação entre essa morte e sua vacina. Mas, informou estar investigando profundamente o caso.

  Ninguém é contra vacinas, mas precisamos estar alertas a um medicamento ainda novo para a própria ciência.

  Isso vale especialmente para o Brasil, onde a doença tem sido desde o início politizada. E muitos que se mostram cautelosos são chamados de negacionistas.

  Não é bem assim!










 





SORVETES SÃO CONTAMINADOS POR COVID NA CHINA!

    Amostras de sorvete produzidos na China foram testadas positivos pelo coronavírus e agora as autoridades de saúde tentam rastrear pessoas em risco de infecção.

  Mais de 4,8 mil caixas do sorvete da Tianjin Daquiaodao Food Company, produzidos no norte do país, foram identificadas como contaminadas e cerca de 2 mil teriam sido guardadas para armazenamento.    

 Outras 1.812 caixas do produto foram despachadas para outras províncias e 935 entraram no mercado local, mas apenas 65 foram vendidas, diz o China Daily.

  Os chineses que compraram uma dessas embalagens de 450g são incentivados pelas autoridades de saúde a registrar seus movimentos para que eventuais infecções pudessem ser rastreadas. 

   Enquanto isso, os 1.662 funcionários da empresa foram isolados e submetidos a testes.

   Virologistas acreditam que a contaminação do sorvete provavelmente tenha ocorrido pelo contato humano e também devido à higiene da fábrica.

   Além disso, o fato de o produto ser feito com gordura e armazenado em baixas temperaturas tornaria mais fácil a sobrevivência do vírus.