QUAIS OS 10 PAÍSES MAIS FELIZES DO MUNDO?

   Ser feliz é tudo o que se quer... Acaba de ser divulgado o    World Happiness Report 2017, que analisa os níveis de felicidade de 155 países. A Noruega (foto) surge como o país mais feliz do mundo, subindo três posições em relação ao ano passado e assumindo o posto da Dinamarca, que reinou absoluta por três dos últimos quatro anos.

   Depois da Noruega e Dinamarca (foto), completam o top ten Islândia, Suíça, Finlândia, Países Baixos, Canadá, Nova Zelândia, Austrália e Suécia. Os Estados Unidos ocupam o 14º lugar da lista e o Brasil, a 22ª posição. Esta edição, a 5ª incluiu análises de felicidade no ambiente de trabalho e também olhou mais profundamente para a China e a África.


  "O ranking chama a atenção para a necessidade de se criar boas políticas para o que mais importa às pessoas: seu bem-estar. Como demonstrado por vários países, o relatório deixa claro que a felicidade resulta da criação de sólidas fundações sociais. É hora de construir confiança e vidas saudáveis em vez de armas e muros", diz Jeffrey Sachs, diretor da Rede de Soluções de Desenvolvimento Sustentável, que desenvolveu o relatório.

  A inclusão do ambiente de trabalho na elaboração do ranking foi considerado também um grande passo. "As pessoas tendem a passar a maior parte de suas vidas trabalhando. Assim, é importante entender o papel do emprego e do desemprego na construção da felicidade", afirma o professor Jan-Emmanuel De Neve, da Universidade de Oxford.

    Será que o Brasil atual merece mesmo estar entre os 22 países mais felizes do mundo? Tenho sérias dúvidas a respeito...



#worldhappnessreport2017, #noruega, #dinamarca, #felicidade






LA DOLCE VITA: RELAXE NOS ALPES SUÍÇOS!

Para quem for à Suíça nesta primavera ou verão, a dica é fazer uma imersão em um cenário de perder o fôlego: um banho de águas termais, a 35º de temperatura, de frente para os alpes suíços.

  Essa experiência é oferecida pelo Mineraldbad & Spa Rigi Kaltbad, a 1.450 m do nível do mar, em Weggis, na região de Lucerna. O projeto leva a assinatura do renomado arquiteto suíço Mario Botta e o resort de luxo fica na praça Giardino Minerale, também projetada por ele.

 
O mais bacana é que o resort trabalha com o sistema de Day Use (você não precisa estar hospedado para curtir as piscinas termais). Por 37 francos suíços (cerca de R$ 115,00), o local oferece sauna, hidromassagem, massagem, aluguel de toalhas e roupões etc.
          Weggis. a 40 minutos de barco de Lucerna: paisagem de cartão-postal

 O passeio fica ainda mais interessante se você pegar um barco em Lucerna. Além da maravilhosa vista do lago com as montanhas ao fundo, o serviço de transporte é mais rápido - 40 minutos - e coberto pelo Swiss Pass.

  Com as energias renovadas, aproveite no final do dia para tomar um café, acompanhado daquelas deliciosas tortas suíças, em Weggis, antes de voltar a Lucerna.

  Programa perfeito para curtir a dois!     



#Lucerna, #alpessuiços, #resort  

ELETRÔNICOS SERÃO PROIBIDOS EM VOOS PARA OS EUA


   Na contramão da modernidade e da tecnologia, a vida dos viajantes está ficando cada vez mais restrita. Passageiros que voam para os Estados Unidos a partir de certos aeroportos do Oriente Médio e da África devem ser proibidos de levar a bordo dispositivos eletrônicos, exceto celulares e aparelhos médicos.

  A informação foi antecipada pela ABCNews e o governo americano anunciou as novas regras nesta terça-feira (21 de março). Elas foram tomadas diante de informações obtidas pelo serviço de inteligência no início deste ano de que os membros do grupo terrorista ISIS trabalhavam no contrabando de eletrônicos carregados de explosivos para voos norte-americanos.

 O governo dos EUA considerou a informação sobre a ameaça "substancial". Fontes ouvidas pela emissora dizem que é apenas por precaução e que informações obtidas pelas autoridades revelaram que em 2016 um homem carregou uma bomba, que estaria escondida em um laptop em um voo que saiu da Somália.   

 Segundo a ABCNews, 9 companhias de 10 aeroportos em 8 países deverão ser afetadas. Na manhã de segunda-feira (20), em um post no Twitter e no Facebook, a Royal Jordanian Airlines, da Jordânia, informou aos passageiros que a partir desta terça-feira não deveriam embarcar com laptops, tablets, câmeras fotográficas e de DVD, além de jogos eletrônicos.

 Esses objetos só poderiam ser transportados na bagagem despachada. O post foi retirado do ar. A decisão do governo americano afetará os voos da companhia de Amã para Nova York, Chicago, Detroit e Montreal, dizia o texto.

 Que mundo mais louco!  




EMBARQUE NOS CENÁRIOS MÁGICOS DO NOVO FILME DO REI ARTHUR

   Os lugares mágicos do planeta estão sempre inspirando o cinema. Em maio estreia no Brasil o filme Rei Arthur: A Lenda da Espada, dirigido pelo cineasta inglês Guy Ritchie (ex marido de Madonna). O elenco também é estrelado, incluindo os atores Eric Bana, Jude Law e até mesmo uma ponta do ex jogador David Beckham. As locações foram feitas no País de Gales, no Reino Unido.  


  Que tal então percorrer as paisagens fantásticas associadas ao mítico rei britânico, que ficou tão famoso na mitologia medieval? Neste roteiro, você vai conhecer alguns dos principais cenários do filme e que estão associados à lenda de Arthur, à poderosa espada Excalibur e seu inseparável amigo, o mago Merlim. Aliás, uma viagem inspiradora para quem gosta de magia.

 SNOWDONIA NATIONAL PARK 
  Esse parque nacional, que abriga o Monte Snowdon, teria sido o lugar onde, na lenda, Arthur matou um gigante assustador. As filmagens aconteceram em vários locais da região, como a montanha Tryfan, no Ogwen Valley, um dos picos mais famosos do Reino Unido.

   Llyn Llydaw (foto) é supostamente o local de descanso final da Excalibur, atirada nas águas do lago depois da morte de Arthur. O elenco foi visto também próximo à vila de Capel Curig, no rio Llugwy e no vale à beira do lago Nant Gwynant, que abrigou no passado um acampamento de legionários romanos e hoje é o endereço do famoso camping Llyn Gwynant, usado por viajantes com destino a Snowdon.    

 Não é a primeira vez que Snowdonia foi cenário de filme: Angelina Jolie encenou partes de Tomb Raider, em 2001, e Sean Connery gravou no local, há 20 anos, cenas de Lancelot, o primeiro cavaleiro. 

CAVERNA DO REI ARTHUR
  Uma das cenas de assembleia do filme foi gravada na pré-histórica Caverna do Rei Arthur, em The Doward, no Wye Valley, um lugar belíssimo na fronteira com o País de Gales. Considerada um monumento da antiguidade, ela tem 8 metros de altura e entrada larga o suficiente para que um homem entre e saia com facilidade montado em seu cavalo.

  Além disso, o Wye Valley  e o Valley of Usk (foto) têm juntos mais castelos por quilômetro quadrado que qualquer outra região do Reino Unido. Nessa grande área de florestas antigas há hoje muitas atividades esportivas. Fica a três horas de carro de Londres.

 THE QUIRAING, ISLE OF SKYE

   Essa ilha da Escócia abriga algumas das paisagens mais icônicas do Reino Unido e, portanto, muito utilizadas pelo cinema. É um local mágico, ideal para você testar seu espírito de aventura ou até mesmo criar sua própria lenda. Por que não?
  
  Ali há magníficas cadeias de montanhas e milhares de quilômetros de costa recortada. Há muito o que explorar, como o Old Man of Storr (foto), a serra rochosa de Cuillin e o Quiraing, um enorme deslizamento de terra no topo de Trotternish, onde foram filmadas cenas do filme Rei Arthur.
  Depois de um dia de grandes aventuras, você pode degustar a culinária local e relaxar em locais aconchegantes em Portree, a cidade da ilha, ou em vilarejos menores.

WINDSOR GREAT PARK  

    Imagine-se cavalgando por florestas antigas de carvalhos, com inúmeros cervos junto aos castelos ingleses. Esses cenários são absolutamente reais nesse parque, onde está o Castelo de Windsor, residência privada da rainha Elizabeth, no sudoeste da Inglaterra.
  
  Com opções para cavaleiros experientes e como iniciantes o Tally Ho Stables fornece cavalos selados e chapéus, além de montar as rotas dentro do belo parque, que também será cenário do filme.
  
  Ali não há estradas, mas apenas centenas de hectares de florestas e vales que podem ser apreciados na companhia de guias locais, tendo sempre como cenário de fundo o castelo da rainha da Inglaterra.

  É ou não um roteiro mágico? 

#PaísdeGales, #ReiArthur, #ReinoUnido, #GuyRitchie, #movie




OBAMA SAI DE CENA E VAI PARA REFÚGIO DE LUXO

     Depois de 8 anos, o ex-presidente Barak Obama finalmente relaxa, vive como um cidadão normal e, pelo que se vê, adora o mar. Sabem onde ele está agora?


    Em um resort super luxo, o The Brando, na Polinésia Francesa. Segundo a conceituada revista The Condé Nast Traveler, Obama teria desembarcado no Tahiti, antes de voar para um local ainda mais exclusivo: o atol Tetiaroa. Esse lugar paradisíaco fica a cerca de 20 minutos de voo do Tahiti e só pode ser acessado em jato particular. 

   O ator Marlon Brando comprou a propriedade nos anos 1960 durante uma filmagem, batizando a pequena ilha particular de The Brando. O atol de Tetiaroa, que atrai hóspedes célebres, é conhecido pelos seus corais, orquídeas raras e piscinas de água doce.

"A beleza de Tetiaroa vai além da minha capacidade de descrevê-la. Pode-se dizer que é a tintura dos Mares do Sul" (Marlon Brando) 

   São 12 pequenas ilhas, com praias de areias brancas, frequentadas por tartarugas marinhas e pássaros exóticos. A ilha The Brando é também conhecida por ser um local eco friendly. Alguns ecologistas a chamam de casa, e se dedicam para proteger o atol e sua rica fauna marinha.    
A ilha particular onde fica o resort The Brando    FOTOS DIVULGAÇÃO 

 Já o resort foi inaugurado em 2014, com dois restaurantes, um spa e 35 villas. Seu luxo vem da exuberante natureza. Ele foi concebido para retratar o lifestyle e a cultura da Polinésia Francesa - um dos lugares mais bonitos do mundo.   

   Obama deve passar um mês nesse retiro especial. Não se sabe ainda se a família irá encontrá-lo depois. Talvez, também tenha sido o local escolhdio para o ex-presidente começar a escrever suas memórias na Casa Branca, que vão virar um livro. 

   Ele merece, não?


#thebrando, #barakobama, #polinesiafrancesa






ESTUFA GOURMET HI-TECH CULTIVA HORTA ORGÂNICA NA SUA CASA!


   Quer ter uma horta orgânica, com produtos naturais e sem agrotóxicos, dentro de casa? Se você tem pouco espaço ou não dispõe de tempo ou ainda habilidade para o cultivo de plantas e legumes, um eletrodoméstico brasileiro já pode cumprir esta função. É o Plantário!

   Além de prático, é todo estiloso porque lembra uma mini adega ou frigobar. O projeto foi criado pelos engenheiros mecânicos Thomas Kollmann, Bernardo Mattioda e George Haeffner, que se conheceram na faculdade em Porto Alegre (RS) e tinham como objetivo criar algo para quem valoriza a alimentação saudável e o contato com a natureza.

Versão mini para quem tem menos espaço             FOTOS DIVULGAÇÃO
  "Queríamos fazer algo totalmente novo e ressaltar a importância da tecnologia brasileira em um produto único no mundo", diz Haeffner. E não é que conseguiram?   

   O Plantário é todo automatizado e recria o ambiente natural que as plantas precisam. Ou seja: mantém o tratamento de irrigação, ventilação, iluminação e nutrição do sistema sempre em perfeitas condições. 

    Segundo eles, a automatização permite que as sementes se desenvolvam até duas vezes mais rápido do que em um ambiente convencional. Oferece ainda um consumo mais consciente, porque controla os insumos que as plantas necessitam sem desperdício de água, energia e nutrientes.

    O eletrodoméstico tem cores e dois tamanhos diferentes para se adequar a todo tipo de residência. Quando compra o produto, o cliente já recebe um pacote de substrato orgânico, seleção de sementes ou mudas e terra para criar sua própria horta.

   A criação made in Brazil faz sucesso. O trio de engenheiros, que investiu do próprio bolso R$ 500 mil para desenvolver o projeto em 2014, espera fechar 2017 com um faturamento em torno de R$ 2,5 milhões.

Que projeto bacana!



#hortaorganica, #plantario




 

A SMART TV QUE VIRA OBRA DE ARTE!

    Como reunir em um só aparelho design, arte, alta tecnologia e entretenimento? A resposta está na The Frame, a smart TV de última geração que a Samsung mostrou nesta terça-feira, 14 de março, a jornalistas do mundo inteiro em um evento no Museu do Louvre, em Paris.

 Sim, o design é inédito, porque a TV (em versões de 55 e 65 polegadas) lembra quadros de verdade, aliás, o que deu origem ao nome The Frame (moldura, em português). Ela pode ser colocada sozinha em uma parede ou combinada com outros quadros, dando um up no decor da sala de estar ou até mesmo do quarto.

 Outro detalhe bacana: você pode deixá-la em Art Mode (modo arte), quando não a estiver assistindo, como se fosse um quadro real.


   A empresa diz que vai disponibilizar mais de 100 imagens de pintura de artistas famosos para serem usadas como descanso de tela. Foi exatamente por esse motivo que ela escolheu o Louvre para mostrar ao mercado seu novo projeto.     

   E não se preocupe em economizar energia: o aparelho tem um sensor que é acionado quando o ambiente fica vazio e o desliga completamente. Se volta alguém ao recinto, ele também retoma o modo de descanso.

 A The Frame 4k chega aos Estados Unidos e à Europa no final de maio. Para o Brasil, ainda não há previsão de lançamento!

 Projeto incrível!

#samsung, #theframe4k, #museudolouvre