FESTÃO DA BASTILLE

17.7.13 Simone Galib 0 Comments

Alexandra e Damien Loras posando no cenário da revolução francesa, montado no Sesc Pompeia

FESTÃO DA BASTILLE 

 
   A semana começou movimentada em São Paulo e très chic. Em plena segunda-feira, um dia depois da comemoração da data nacional francesa que celebra a queda da Bastilha, franceses e paulistanos também comemoram a data por aqui. O endereço do Bailinho da Bastille - um evento para 800 convidados - foi o Sesc-Pompéia e os anfitriões da festa, o cônsul geral da França, Damien Loras, e sua mulher, Alexandra mostraram que sabem, sim, fazer muito bem esse intercâmbio entre os dois países.
  A noite foi regada a champagne - Chandon, é claro-, alguns dos melhores vinhos franceses de todas as regiões da França e um finger food elegante, do Mercure. O toque gastronômico ficou por conta da Brasserie Jacquin (Erick Jacquin Eventos e Tartar & Co), pilotada pelo chef cinco estrelas Erick Jacquin -aliás, um dos mais animados da noite-, e do restaurante Eau.

 
O chef Erick Jacquin, um dos responsáveis pelo elegante cardápio da noite

 

O ex-jogador Raí, um dos participantes e parceiros da festa
 Alguns dos melhores vinhos franceses



Várias bandas se intercalaram no palco, alternando MPB e canções clássicas da música francesa. Nos intervalos, o deejay Tony Montana fez muita gente dançar.

 Marcas de prestígio, como Renault, Citroen, Sisley e Fnac, entre muitas outras parceiras do evento, também marcaram presença. Para entrar totalmente no clima, muitos dos convidados usaram roupas e acessórios nas cores da França, onde predominavam o vermelho e o azul-marinho.

Entre um champagne e outro, mais queijos deliciosos, uma das maiores diversões da noite foi o painel de fotos com a queda da Bastilha, onde todo mundo virou personagem por um dia da revolução francesa. Quem passou pelo Sesc? Muita gente da moda, como os estilistas Reinaldo Lourenço e Gloria Coelho, o ex-jogador de futebol Raí, das artes, do corpo diplomático e da colônia francesa em São Paulo, presente em praticamente todos os setores.  Para quem perdeu, o cônsul Damien avisa: ano que vem tem mais. A ideia, segundo ele, é integrar na programação de eventos de São Paulo um novo modelo de celebração que vai reunir, em julho, os maiores talentos franceses da gastronomia, da cultura e da elegância. Ulalá!  



Tania Lumena, Simone Galib e à esq. o cônsul Damien Loras

0 comentários: