LIGAÇÕES SABOROSAS

20.9.13 Simone Galib 0 Comments




Queijos franceses, estrelas da campanha "Queijo não, fromage sim"                                                 foto Divulgação



Quem resiste aos tradicionais queijos franceses? Acompanhados de um bom vinho, ficam ainda mais perfeitos. Pois então, prepare-se: eles vão invadir o Brasil. O start foi dado este mês com uma campanha inédita no país por iniciativa do CNIEL, o Centro Interprofissional da Economia Leiteira francês, que quer incluir o consumo do produto nos hábitos alimentares dos brasileiros, a exemplo do que faz em outros países. O lançamento aconteceu no último dia 10, com uma festa para 120 convidados, na residência do cônsul geral da França, Damien Loras, em São Paulo.

A consulesa Alexandra e seu marido Damien Loras, anfitriões da  noite em São Paulo   foto Pedro Soares
  Para posicionar os produtos como uma espécie de “referência” do bom gosto e de origem legítima, a campanha focará mulheres entre 25 e 40 anos, de São Paulo e do Rio de Janeiro. Parte dessa missão é mostrar que o queijo francês pode ser consumido de maneira informal e até mesmo entrar em uma receita simples, utilizando-se inclusive combinações com produtos nacionais, como frutas.
 Já estão acontecendo também degustações na rede de supermercados Zona Sul, do Rio, e em outubro elas se espalham por 22 lojas do Pão de Açúcar, em São Paulo. Nos próximos três meses, o estrelado chef Laurent Suaudeau vai ministrar três aulas em suas escola com os queijos da campanha, batizada de “Queijo não, fromage sim”.



CHIQUE E CRIATIVO

 Para fazer os brasileiros entrarem no clima do consumo dos queijos, foram escolhidas sete especialidades. Vale lembrar que a grande maioria já é bastante conhecida por aqui, como os macios (Brie e Camenbert), os semi-duros (Emmental e Comté) e os azuis (Bleu d´Auvergne). Todos eles podem ser melhor saboreados em momentos específicos ao longo do dia. Para a happy hour, por exemplo, os especialistas franceses sugerem servir fatias de Brie, Emmental e Saint Agur, entre azeitonas e frios, ótimos para harmonizar com a cerveja.

 No quesito aperitivos, aposte na criatividade. Você pode servi-los ao natural, acompanhado de pão (o de nozes é perfeito); com frutas secas ou frescas (a combinação com figos é dos deuses!), com doces ou geleias, condimentados. Eles caem bem ainda como ingredientes de canapés, em patês, fundidos, gratinados, fritos, como recheio. E o que é melhor: eles combinam com qualquer estação do ano. Os mais recomendados são o Brie, o Comté e o Camembert.

Variados, deliciosos e versáteis                                 foto Eduardo Euksuzian
Já para os jantares,como tanto gostam os franceses, os queijos costumam abrir caminho para os pratos principais. Por isso, as entradas são servidas em porções menores, geralmente mais leves. Aposte nos queijos para saladas, sopas, caldos, cremes, suflês, quiches, tortas e mesas de antepastos. O melhor para essa ocasião é o Bleu d´Auvergne.

Renato Carioni e Christian Formon   foto Pedro Soares
Todas essas delícias, que puderam ser degustadas na residência do cônsul, foram preparadas exclusivamente para a noite por dois chefs –o brasileiro Renato Carioni e o francês Christian Formon. Para deleite dos convidados, a dupla usou e abusou da criatividade, mostrando que essa campanha francesa é mesmo de dar água na boca. Ulalá!
A mesa de queijos, à beira da piscina na residência do cônsul foi a estrela da festa         foto Pedro Soares

                                                          

0 comentários: