TRIBUTO A LADY DI

2.7.15 Simone Galib 0 Comments



 Um dos nomes mais lembrados pela mídia internacional neste 1º de julho foi o de Diana, a eterna princesa de Gales, que teve um casamento de conto de fadas, uma trajetória conturbada na realeza e morreu de forma trágica.


 Se ela estivesse viva, completaria 54 anos e, com certeza, seria uma das mamães mais orgulhosas do planeta pelos dois filhos e herdeiros da coroa britânica, os príncipes William e Harry, que trazem em seu DNA o carisma, a beleza e a simpatia da mãe. Com certeza, também seria a vovó mais elegante da Corte.

 Fico imaginando Lady Di corujando seus dois netos, os pequenos George e a recém-nascida Charlotte, também Diana no nome. Mas, essa jornada acabou interrompida, em 1996, no auge de sua fama e beleza. O mundo ficou de luto!

 Quanto mais o tempo passa, e tudo se transforma, menos Diana é esquecida. Ao contrário: parece estar em toda parte, como se administrasse de um palácio etéreo de cristal a família, o assédio da imprensa, os boatos sobre suas supostas aventuras amorosas, as inúmeras instituições e os países paupérrimos, que constantemente visitava, levando luz aos que estavam na escuridão.

 Sua presença continua marcante, mas agora de um jeito mais sutil, em um gigantesco álbum de fotos e memórias. É constantemente lembrada e homenageada pelos filhos, que postam quase que diariamente fotos da mãe em suas mídias sociais. A princesa tem várias páginas no Facebook.
 Diana nunca sai de cena em nossa lembrança.







Seus vestidos de gala exibidos nos grandes salões, as roupas casuais, os chiquérrimos acessórios e as poderosas jóias marcaram época e ainda inspiram milhares de pessoas mundo afora. O carisma, a postura, o caráter e a elegância de Lady Di não conseguem ser superados por ninguém, por mais que tentem. Ela pode servir de exemplo, mas não adianta querer imitá-la porque não existem sucessores nesse Reino, o universo particular da princesa de Gales.

 Há pessoas que nasceram para ser a estrela mais brilhante de toda uma constelação. Assim foi, é e para sempre será Lady Di.

 Uma grande mulher, linda por fora, mais bonita ainda por dentro, porque sua nobreza estava no coração!



0 comentários: