ARTE E BOA GASTRONOMIA NO THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO

28.8.15 Simone Galib 0 Comments


 Quem já gostava do cardápio brasileirinho, saudável e criativo do restaurante Santinho, comandado pela chef Morena Leite, agora conta com um endereço a mais - e este é dos bons, porque une gastronomia e arte, em um local ícone de São Paulo.


                                                                                                                                                Fotos Cassiano Souza

 É que o Grupo Capim Santo acaba de inaugurar uma unidade do Santinho, no Theatro Municipal de São Paulo, patrimônio histórico e cultural da cidade. A filial, que tem como sócias as empresárias Adriana Drigo (à esq.) e Daniela De Luca, vem com a mesma identidade visual e gastronômica da marca, só que harmonizada ao cenário clássico do teatro (construído em 1911), com toques de modernidade.


                                                                     fotos Simone Galib

  


 Com capacidade para 82 pessoas e pé direito bem alto, o lugar é super agradável, claro e espaçoso. Além do salão de 110 m², localizado no piso térreo do teatro, tem ainda uma varanda com um jardim vertical, plantas tropicais e sofás coloridos, criada pelo arquiteto Davi Bastos. As mesas espelhadas, com assinatura dos irmãos Campana, refletem os afrescos do teto do teatro e as paredes do prédio. Os móveis privilegiam nomes premiados do design nacional. Tudo de muito bom gosto.






ECLÉTICO E CRIATIVO

 Mas, vamos ao que interessa: o cardápio. Em uma bancada marrom, em formato de S, ficam as comidinhas já famosas de Morena Leite, ou seja, saladas, grãos, legumes, proteínas, além de carnes e massas. Aos sábados, serve feijoada. E os pratos mudam diariamente.
 É difícil comer pouco ali, porque o menu é apetitoso, sempre com foco na gastronomia nacional. Há, por exemplo, salada de banana com castanhas de caju e uvas passas, picadinho de filé mignon com purê de aipim e quibebe, chips de banana da terra e batata doce.


 As sobremesas seguem essa mesma linha, com babá de moça, brigadeiro de capim santo (a marca registrada da casa), doce de leite e pudim, entre outras delícias. À tarde, há opções de cafés, lanches, bolos e tapiocas doces e salgadas. O preço do buffet self service, em que você pode comer à vontade, é de R$ 48,00 por pessoa (sem sobremesa) durante a semana, e de R$ 68,00 (incluindo a sobremesa). Tem ainda uma adega climatizada com 80 rótulos.


 O centro de São Paulo merecia essa opção, especialmente em uma tarde ensolarada de sábado, porque o visual do restaurante é muito bonito. E, se tiver um espetáculo no Municipal logo mais à noitinha, fique por lá!   

SERVIÇO


Funciona de segunda a sexta, das 10h às 17, exceto nos dias de espetáculo, quando fecha às 16h. Aos sábados, das 10h às 17h, também fechando às 16h dependendo da programação do Municipal.
Não tem serviço de vallet nem estacionamento. Ir de metrô ou de táxi é uma boa opção.

0 comentários: