FUMAÇA GOURMET VAI INVADIR A CALÇADA DA FARIA LIMA

29.10.15 Simone Galib 0 Comments



 Anote na agenda porque um programa muito descolado vai acontecer em São Paulo no início de novembro (dia 7, sábado): um churrasco gourmet, de sabor bem brasileirinho, na calçada da avenida Faria Lima, uma das mais movimentadas da cidade.  
  
 A ideia partiu do recém-inaugurado Herdade Restaurante, no Itaim Bibi, que trouxe para a cidade a culinária dos pampas gaúchos, mas com um toque contemporâneo. O chef Danilo Uglar (ex-Piselli e La Ciao de Tornavento, em Treiso, Piemonte, na Itália) e sua equipe vão assar lingüiça campeira e costela bovina, na calçada em frente ao restaurante, que fica na esquina e é todo transparente. Os clientes poderão sentar nas mesinhas comunitárias da calçada ou nas internas do salão.

 O Churrasco na rua - aliás, ótimo programa para reunir a família ou amigos -, foi criado para mostrar um pouco da história e da gastronomia do Sul do país, mas sem folclore ou churrasqueiros de bombacha e espeto na mão. O evento vai rolar em um clima despretensioso e bem informal, perfeito para uma tarde de sábado na cidade.


QUE BAFO!

“No sul, os braseados e assados em geral, seja com lenha ou carvão, estão presentes nas mesas das famílias em todos os finais de semana, é um ritual”, conta Guilherme Caio, enólogo e sommelier gaúcho, um dos sócios da casa.

O segredo de um bom churrasco começa pela qualidade da carne, temperada apenas com sal grosso e muita fumaça, como manda a tradição, diz o chef Danilo Uglar. “Vamos utilizar a janela da costela, pois é a porção mais nobre da peça. O cozimento lento no bafo confere uma textura muito macia e com o sabor marcante do defumado”, explica.

CARDÁPIO DA TARDE

 O ingresso custará R$ 75,00 por pessoa com direito a churrasco, acompanhamentos e open bar, incluindo bebidas alcoólicas e não alcoólicas. Os sucos, como os de uvas brancas, tangerina, amora, mirtilo e framboesa, são deliciosos (provei o integral de uva com frutas vermelhas, e amei) e vêm da Serra Gaúcha. Há também chope artesanal. É preciso fazer reserva, porque serão disponibilizados 60 lugares para o churrasco.

 Como entrada, a tradicional e caseira lingüiça campeira (que mistura carnes bovina e suína e é muito bem temperada, mas a receita guardada a sete chaves) com mix de salada verde. De prato principal, vem o costelão bovino (assado durante seis horas no bafo), com farofa, salada de batata-bolinha, maionese caseira, cebola assada e arroz branco. Para fechar, pudim de leite ou doce de abóbora.

Tábua de frios e pães artesanais                                                               fotos Tadeu Brunelli/Divulgação

COMIDA BOA E BARATA 


 Aberto há pouco mais de um mês em uma movimentada esquina da Faria Lima, o Herdade, com cardápio trivial, bem temperado e de preço honesto, vem fazendo sucesso em um bairro onde a concorrência é grande. Seus 60 lugares são sempre disputados. Há opções de massas, saladas e carne e gasta-se em média R$ 36,00 para almoçar. O mezanino com varanda é ótimo para as tardes e noites de verão.

 Tem também produção própria de azeite de oliva em Pinheiro Machado (próximo à fronteira com o Uruguai), embutidos (em Garibaldi) e adega climatizada com 200 rótulos, além de massas e pães feitos diariamente na casa. Tudo muito natural!

SERVIÇO

Av. Brigadeiro Faria Lima, 4199, Itaim Bibi.
Reservas: 11 3849- 0589 ou reservas@herdade.com.br.