'NÃO DESISTAM DE VIAJAR A PARIS E NÃO CEDAM AO PÂNICO', PEDEM AUTORIDADES

19.11.15 Simone Galib 0 Comments



  Paris, que vive um estado de emergência desde os atentados do último dia 13, começa aos poucos normalizar suas atividades, inclusive para os turistas. É claro que a vida mudou repentinamente em uma das cidades mais bonitas e efervescentes do mundo, mas ela começa a reagir e não está se rendendo ao terror implantado pelo Estado Islâmico.

  O Consulado Geral da França em São Paulo e a Embaixada da França no Brasil divulgaram nesta sexta-feira (19) um comunicado, informando que, apesar das medidas de segurança, os aeroportos, estações de trens e transportes públicos funcionam normalmente na capital francesa.  "É importante não desistir das viagens e não ceder ao pânico, que é o objetivo dos terroristas", diz a nota.



 Os controles e revistas em estabelecimentos comerciais, monumentos e museus foram reforçados (a exemplo do que fazem nos aeroportos), o que demanda um pouco mais de tempo para ter acesso a esses lugares. Mas, os parisienses não estão se importando e entendem que essas medidas são absolutamente necessárias na atual conjuntura. 



  Os estabelecimentos culturais foram novamente abertos ao público desde o dia 16 de novembro. A Torre Eiffel, (um dos maiores símbolos da cidade e que foi visitada por cerca de 6 milhões de pessoas em 2014) o Museu do Louvre e o Château de Versailles funcionam normalmente. Os shoppings e grandes magazines estão também abertos, assim como a maioria das atrações turísticas, como o Moulin Rouge e a Disneyland Paris, entre outras. Portanto, não é preciso desmarcar a viagem.  



 As autoridades diplomáticas também divulgaram um número de urgência para turistas: +33 1 45503460. Para os brasileiros e seus familiares, o contato deve ser feito por @consulado geral do Brasil na França.