ONDE GASTAR MENOS COM HOSPEDAGEM DURANTE AS OLIMPÍADAS NO RIO DE JANEIRO

16.2.16 Simone Galib 0 Comments


  Com ou sem o vírus da zica, o Brasil será este ano a sede dos Jogos Olímpicos, um dos eventos esportivos mais importantes e que atrai todos os holofotes do mundo. Por isso, está crescendo o interesse pelo Rio de Janeiro, tanto aqui quanto no exterior.
  
  Segundo o TripAdvisor, o maior site de viagens do mundo, as buscas globais sobre a capital carioca, entre 5 e 21 de agosto, cresceram 828%. Já as consultas feitas pelos brasileiros registram um aumento de 1.353%. Muitos hotéis cinco estrelas informam também que estão praticamente lotados.

   Para ajudar os viajantes a encontrar o melhor custo-benefício de hospedagem na cidade durante os jogos, em hotéis três e quatro estrelas, o site fez uma pesquisa sobre as diárias em vários bairros cariocas.
  
 
O bairro de Santa Tereza é uma das opções mais econômicas de hospedagem durante os jogos 
 A pesquisa mostra que o Flamengo é o lugar mais barato, com uma diária média de R$ 109,00. O charmoso bairro de Santa Tereza também surge como boa opção (R$ 117,00).

 Nos bairros mais badalados, o quadro é outro. Na Barra da Tijuca, por exemplo, o custo sobe para R$ 477,00; em Copacabana, R$ 675,00; e Ipanema, R$ 737,00. O Leblon e o Recreio dos Bandeirantes são os mais caros do ranking, com diárias de R$ 1.463,00 e R$ 2.040,00, respectivamente.

O Leblon está entre os bairros cariocas mais caros, com diárias de R$ 1.463,00 em média
  “A menos de sete meses do evento, quem fizer a reserva de hospedagem por meio do TripAdvisor, pode economizar até 30% no valor das diárias dos hotéis”, diz Claudia Martinelli, porta-voz do site no Brasil.


 Para levantar os preços médios dos hotéis durante as Olimpíadas, o site consultou, no final de janeiro, centenas de parceiros de reservas, incluindo agências de viagens online e fornecedores diretos dos hotéis.

  E você já sabe onde vai ficar?