A CAPITAL MUNDIAL DOS PERFUMES DE LUXO. ONDE FICA? NA FRANÇA, É CLARO!

22.9.16 Simone Galib 0 Comments

Se você gosta de flores, muitas flores, e das mais refinadas essências, com certeza, vai se encantar com Grasse, no sul da França, considerada a capital mundial da perfumaria.  Ela é o berço dos perfumes de luxo.
  

  Grasse não pode ser considerada uma cidade como outra qualquer: há 200 anos reina absoluta na fabricação de perfumes que entraram para a história. Ali, foram criados os perfumes ChanelDior e Rochas. O mítico Chanel nº 5 também foi inventado com as flores (rosas e jasmins) mais as técnicas dessa cidade medieval, rodeada de montanhas e ar fresco!

 
                                                                                                                                 Fotos Dior
 As marcas Louis Vuitton e Christian Dior, do grupo LVMH, acabam de abrir Les Fontaines Parfumées, no coração da cidade, para concentrar a fabricação de fragâncias, com um laboratório hi tech. A iniciativa trouxe Grasse de volta ao cenário internacional.

 Mas, a paixão de Dior pelo sul da França, leia-se Provence, começou muito tempo antes de ter fundado a Maison. Durante a Segunda Guerra Mundial ele se refugiou em Callian, não muito longe de Grasse, para onde sua família havia se mudado após a crise financeira de 1929.

 Ali, sua irmã tinha uma plantação de rosas. O clima especial da região, a tranquilidade, a vegetação e os aromas tiveram impacto profundo sobre ele. Em 1947, Dior criava o seu primeiro perfume.

 
O château de Dior, que foi restaurado e reaberto pela maison                            Fotos Divulgação/Dior
Em 1951, ele comprou o Château de la Colle Noire, hoje restaurado pela Maison Dior, e que fica próximo ao novo laboratório criativo. O estilista transformou essa propriedade, rodeada de rosas e jasmins, em seu paraíso particular. Entre as rosas de Grasse, a mais famosa e perfumada é a Centifolia (100 folhas).

 
A entrada pelo jardim da casa de Dior, em Grasse
Além dos campos de flores e de lindos jardins, a cidade é rica em arquitetura, com casas medievais, catedral, museus e bons hotéis, que a gente vai descobrindo quando caminha por suas antigas ruelas. Abriga também, claro, o Museu Internacional da Perfumaria, que foi totalmente renovado, tornando-se mais interativo e olfativo.

  Agora, com os investimentos do poderoso Grupo LVMH, Grasse ganha novo fôlego para manter  seu savoir-faire exclusivo na arte do cultivo das flores, que resultam em alguns dos melhores perfumes do mundo.

0 comentários: