CUIDADO COM OS POSTS: HÁ MUITOS VÍRUS CIRCULANDO NAS MÍDIAS SOCIAIS

30.9.16 Simone Galib 0 Comments


 É preciso cuidado redobrado com os golpes na internet, especialmente nesta fase pós eleições em que os ânimos estão acirrados e há muita informação circulando nas mídias sociais. Tem gente de ressaca cívica. Tem gente comemorando. Porém, os cibercriminosos estão como sempre: atentos, independente de primeiro ou segundo turno.  
  
 Por isso, tenha atenção redobrada com alguns posts que aparecerem em sua timeline, quer seja no Facebook, nos grupos de whatsapp e no Twitter.

 Os “golpistas online” criam matérias falsas, com títulos chamativos que despertam a curiosidade, geralmente após acontecimentos polêmicos, seja na área política, como o momento atual, ou envolvendo celebridades. “Matam” pessoas famosas frequentemente e anunciam fatos inverídicos.
  
 Esses links ficam circulando em forma de posts nas redes sociais, esperando o momento para “atacar”. O objetivo é furtar dados obtidos por meio de pesquisas obrigatórias que, depois, são vendidos no mercado negro.

 Muitos, além de terem seus dados furtados, acabaram perdendo também o celular, que tem a memória contaminada por vírus (isso aconteceu comigo).

 Há também páginas que pedem a instalação de um plug in que, na verdade, não passa de um spyware para coletar dados credenciais de banco, números de documentos e outras informações importantes.

  O desafio é transitar nesse mundo digital, separando o joio do trigo, ou seja, o falso do verdadeiro, algo que confunde até mesmo os internautas mais tarimbados.  

 Por isso, antes de dar vazão à curiosidade quando alguma matéria chama a sua atenção, com uma informação com cara de inédita, ou muito surpreendente, fique ligado nessas dicas.

COMO SE PROTEGER

  Suspeite de sites que pedem algo em troca pela visualização da matéria. A divulgação na mídia social não DEVE exigir nada do internauta. Os que querem divulgar seu negócio, perfil ou vender algo pagam anúncios, colocando posts patrocinados.

 Cuidado com os testes de personalidade, ou qualquer coisa do gênero, que lhe peçam para compartilhar o link antes de o acessar. Não responda a questionários com informações pessoais e evite fazer qualquer download adicional.
  
 Em relação a notícias, pesquise antes de clicar em um link duvidoso. Se ela for verdadeira (como a morte de uma celebridade, a separação de um casal famoso ou a prisão inesperada de um político importante) terá saído em outros sites confiáveis.
  
 Verifique a URL do site antes de clicar no link e apenas acesse se for confiável. É possível fazer isso posicionando o mouse sobre a matéria ou olhando na parte inferior esquerda da página do Facebook.

 Não confie em links só porque foram compartilhados por amigos ou familiares. Eles podem ter sido infectados por hackers que usam os perfis para disseminar o ataque.

 Caso tenha sido vítima de uma armadilha como esta, avise imediatamente seus amigos e familiares sobre o ataque para que tenham cautela com o que é postado em seu perfil.

 Altere e crie senhas fortes, com letras, símbolos e números, e faça uma busca por malware em seu computador usando um software de segurança. E denuncie o problema imediatamente ao Facebook e ao Twitter para que tomem as devidas providências.


Fonte: Engenharia de segurança da Norton 

0 comentários: