MODA E VIAGENS E PELO OLHAR DO FOTÓGRAFO BRUCE WEBER

19.9.16 Simone Galib 0 Comments

 O top fotógrafo e cineasta norte-americano Bruce Weber já clicou algumas das pessoas mais famosas do mundo e fez trabalhos memoráveis para as maiores revistas internacionais de moda e marcas de luxo do planeta.

 Ficou também mundialmente conhecido pelas fotos dos calendários Pirelli e pelas campanhas da Calvin Klein, estreladas por Kate Moss, como nesta foto (acima) para um editorial da Vogue America, no Vietnã, em 1996. Mas ele mesmo nunca foi o centro das atenções.
  

 Só que essa história mudou. No último domingo, 18 de setembro, foi aberta, no Dallas Contemporary, nos Estados Unidos, a primeira retrospectiva dos 40 anos de carreira de Weber, hoje com 61 anos. Batizada de Far From Home, reúne 250 obras, a maioria das quais inéditas.

    Segundo o curador da mostra, Peter Doroshenko, o fotógrafo dispara cerca de 500 imagens cada vez que vai a um determinado local. E, na melhor das hipóteses, o público vê 3 ou 4 delas. Com espírito aventureiro e um olhar insuperável, Bruce viaja aos lugares mais exclusivos e exóticos do mundo, da Noruega para o Vietnã e até o Brasil, diz ele. Todos esses trabalhos foram resgatados do imenso arquivo do fotógrafo.

 
Lago em Montana, em 1999
A retrospectiva tem como tema central a moda, claro, mas as viagens aparecem em 2º lugar. E a maioria das fotos da mostra são em preto e branco. Só nos últimos anos é que Bruce começou a trabalhar com a cor. A exposição ficará em cartaz por cinco meses.

   
O trabalho de Bruce Weber no Rio, que ficou famoso ao redor do mundo
 Para o curador, é realmente difícil eleger o melhor trabalho de Bruce Weber, mas o que mais lhe causou impacto foi o Projeto Rio de Janeiro, de 1987. “Estas imagens, com jovens musculosos, usando nada além de uma cueca confortável, são tão quentes e sexy que você começa a suar só de olhar para elas”.

  Weber, no entanto, não vê erotização em seu trabalho. Em recente entrevista à Folha de S.Paulo, ele disse que quando esteve no Rio ficou impressionado com a cultura de rua. "Eu pensava: como essas pessoas são naturalmente bonitas. Espero que nunca se tornem modelos."  

fotos Bruce Weber/Reprodução

#bruceweber #fotografia

0 comentários: