O LUGAR QUE ATRAI O LUXO MODERNO E AS CABEÇAS CRIATIVAS DE NOVA YORK

29.9.16 Simone Galib 0 Comments

 
Você pode ter viajado a Nova York dezenas de vezes. Mas, sempre sai de lá com um gostinho de quero mais, e com a certeza de que precisa (e vai) voltar, seja para visitar aquele novo museu, curtir a vista deslumbrante de um rooftop ou conhecer o lugar que está fazendo a cabeça dos mais descolados. E o sucesso do momento na cidade norte-americana que mais se reinventa é Lower Manhattan.
 
Battery Park                     Fotos Four Seasons/Divulgação
 Próxima à icônica Estátua da Liberdade e ao porto, a região onde tudo começou em Nova York, séculos depois renasce das cinzas, literalmente. Ferido de morte pelo ataque terrorista de 11 de setembro, que transformou em pó as torres gêmeas, Downtown ganhou novo fôlego com a reconstrução do World Trade Center, que ressurgiu ainda mais imponente.
O descolado Soho, em Lower Manhattan
 
 E, nos últimos anos, uma nova comunidade também começou a emergir em meio aos antigos bairros, como Tribeca, Soho e Wall Street.
World Trade Center
 
 Jovens, famílias, novos escritórios para diferentes modelos de negócios, hotéis cinco estrelas e lojas de departamento conceituadas fazem hoje do antigo distrito financeiro um lugar efervescente. Um local para viver, e não apenas trabalhar.
 Ali, por exemplo, foi construído o Whitney Museum of American Art, o que também resultou na abertura de inúmeras galerias de arte, bares e restaurantes.
O Distrito Financeiro
   Lower Manhattan é o novo centro de criatividade, reunindo startups de finanças e de tecnologia, além de gente moderna e os chamados influencers das áreas de publicidade e mídia digital. Estima-se que mais de US$ 30 bilhões já foram investidos na região.
LUXO CONTEMPORÂNEO

 A tradicional loja de departamento Saks Fifth Avenue está abrindo na região a  segunda unidade em Nova York ao longo dos seus 114 anos de história.
 Batizada de Saks Downtown (sem o Fifth Avenue), fica próxima ao World Trade Center e vem, com arquitetura moderna, design impactante, novas marcas e um look mais fresh, como pede o luxo contemporâneo.
 A flagship, que custou US$ 250 milhões, também está mais ousada nos serviços, com seções gigantes dedicadas à beleza e aos serviços diferenciados, como o Power Lunch, em que o cliente pode fazer uma consulta de estilo ou um tratamento de beleza, que inclui o almoço. Tudo em apenas uma hora, como pedem esses tempos acelerados.
NOVO CINCO ESTRELAS

  É claro que a hotelaria também se rendeu a Lower Manhattan. A Four Seasons, uma das maiores redes de hotéis de luxo do mundo, acaba de inaugurar o Four Seasons New York Downtown, a apenas um quarteirão do WTC, que também inclui o conceito de residências.
 O cinco estrelas oferece ainda como diferencial o primeiro restaurante do estrelado chef Wolfgang Puck em Manhattan.

Prestando um tributo à arquitetura do início do século 20, o novo prédio, de 82 andares, e 189 apartamentos, já marca presença no disputado skyline da cidade, com o mais alto residencial de Downtown. Tem ainda um super spa, uma piscina deslumbrante e academia 24 horas para uma cidade que nunca dorme.
  
  No 24º andar, a Royal Suite, de 223 m², traz a melhor vista de Lower Manhattan. A diária (a partir de US$ 12 mil) dá direito a um transfer de limusine ou de helicóptero, além de uma massagem de 80 minutos, entre outros mimos, como jantares privés preparados pelo chef.

  O hotel está perto de lojas e restaurantes descolados do Soho e, de táxi, dos bares e nightclubs do Meatpacking District, além de uma caminhada pelo porto. Para chegar ao Brooklyn basta cruzar a ponte.
  Tem como não amar Nova York e sua imensa capacidade de se reinventar?

#lowermanhattan, #newyorkcity, #downtown, #fourseasonsnydowntown

0 comentários: