SÃO PAULO SOB NOVA DIREÇÃO: POSSE DE JOÃO DORIA NO MUNICIPAL E LIMPEZA DA CIDADE ÀS 6H

2.1.17 Simone Galib 0 Comments

Com uma cerimônia politicamente correta no Theatro Municipal de São Paulo (lotado e só para convidados), João Doria tomou posse neste domingo, dia 1ºde janeiro, como prefeito de São Paulo. A sua administração já começou de forma diferente: em um teatro, que é o símbolo cultural da cidade, com direito a abertura e fechamento sob regência do grande maestro João Carlos Martins.

 
Transmissão de cargo de Haddad para Doria     Fotos Patricia Lima
O Municipal estava praticamente lotado, com representantes de todos os setores do Estado:  staffs consulares, embaixadores, empresários, políticos, amigos, familiares e, principalmente, eleitores. Ao contrário do que muitos dizem, gente muito simples foi prestigiar o novo prefeito, quebrando essa ideia de elitismo que alguns tentam qualificar previamente a sua gestão.


O maestro João Carlos Martins reverencia a plateia      Foto Simone Galib
Na plateia, não houve nenhuma vaia, nenhuma faixa de protesto, tampouco algum constrangimento, como virou praxe nos últimos eventos públicos do país. A educação e as boas maneiras prevaleceram.

 O ex-prefeito Fernando Haddad disse a Doria estar lhe entregando uma cidade com as finanças em ordem. E, usando uma gravata azul que ganhou de seu sucessor, arrematou: "Me senti fazendo essa transição como se estivesse ao lado de um irmão. Foi tudo muito tranquilo." Haddad foi muito aplaudido pela plateia.

 O governador Geraldo Alckmin, por sua vez, agradeceu a Haddad pelas parcerias feitas ao longo dos últimos quatro anos, relembrou muito a trajetória política de Mário Covas e disse que ele onde estivesse sentiria orgulho de ver seu jovem neto como vice-prefeito.

 Um dos momentos mais bonitos foi o encerramento com a Orquestra Filarmônica Bachianas, regida por João Carlos Martins, tocando o Hino da Vitória (aquele de Ayrton Senna), enquanto Doria colocava em primeiro plano no palco as três bandeiras: a de São Paulo, a do Estado de SP, e a do Brasil. Uma enorme bandeira verde-amarela desceu sobre a orquestra, encerrando a cerimônia. São alguns símbolos do país de volta!


SÓ ÁGUA MINERAL


Os convidados em uma fila gigantesca para cumprimentar os novos prefeito e vice        Foto Simone Galib      
  Não houve cocktail, champanhe ou cafezinho, como o prefeito já havia anunciado no palco. Apenas água mineral, servida em jarros de vidro, e depois em copos plásticos fechados e até sem gelo. Mesmo sob um calor de mais de 30º, ninguém deixou de enfrentar uma fila quilométrica para cumprimentar Doria e Mario Covas Neto, que receberam, um por um, todos os convidados.
 
 A educação e os bons modos estão de volta à cidade. Todos que ali estavam, inclusive eu, desejam sinceramente que João Doria consiga administrar a metrópole - com toda sua diversidade e problemas - com o mesmo dinamismo e empreendedorismo que sempre direcionou aos seus negócios. Ele é um empreendedor nato, dorme poucas horas, tem muita disciplina, liderança, é agregador, e gosta de trabalhar. Tudo o que São Paulo, que é um país, precisa neste momento.


João Doria vestido de gari na operação Cidade Linda nesta segunda                Foto Facebook/Reprodução
  Nesta segunda-feira (2), às 6h, deu início à operação Cidade Linda, com todo o seu staff, vestido de gari. Claro que não deixa de ser uma ação de marketing. Mas, como o exemplo vem de cima, quem sabe as pessoas se inspirem e passem a tratar melhor a sua própria cidade.

  Em sua página do Facebook, João Doria postou: "Bom dia São Paulo. Estou na Praça 14 Bis, ao lado dos 22 secretários e dos 32 prefeitos regionais desde às 5h30. Esse é o primeiro dia de uma gestão incansável em busca de uma cidade digna."

Boa sorte prefeito!




0 comentários: