POR QUE A ISLÂNDIA É TÃO ESPECIAL PARA AS MULHERES?

5.4.17 Simone Galib 0 Comments

 
  Não são apenas as paisagens naturais fantásticas que fazem da Islândia um lugar único, especialmente para as mulheres. O parlamento do país apresentou um projeto de lei, exigindo que empresas públicas e privadas provem que oferecem salários iguais a todos os funcionários. Se aprovada, será a primeira exigência do mundo nesse sentido. 

  Essas empresas e instituições, segundo o projeto, devem ter 25 ou mais empregados para que façam o certificado de seus programas de igualdade de remuneração. A Islândia ocupa o 1º lugar no índice global de Gênero do Fórum Mundial. Os demais são Dinamarca, Finlândia e Suécia.


  Recentemente, a The Economist nomeou o país insular, onde vivem hoje mais de 323 mil pessoas, como o melhor lugar do mundo para trabalhadoras. O Reino Unido, por exemplo, ficou na 24º posição. Mas, ainda existem diferenças salariais no mercado de trabalho.

 E a ideia é acabar com essa prática, de forma radical. O projeto tem grandes chances de passar: conta com o apoio do governo e da oposição, lembrando que 50% dos parlamentares são mulheres. A lei entraria em vigor a partir de janeiro.  

 Mas, o que leva o país a ser tão progressista?

  A história, talvez, forneça algumas pistas. Durante séculos, as mulheres dessa nação marítima ficavam em casa enquanto seus maridos atravessavam oceanos. Sozinhas, desempenhavam funções de fazendeiras, caçadoras, arquitetas, construtoras etc. Administravam ainda as finanças domésticas e foram cruciais para o país prosperar.

 A torcida é para que essa lei seja, de fato, aprovada e vire exemplo mundial. 
 As mulheres merecem, não?



#iceland, #islandia, #igualdadederemuneração


0 comentários: