PRAZERES DO VINHO: BRASILEIROS INVESTEM NA PRODUÇÃO EM PORTUGAL

21.6.17 Simone Galib 0 Comments

POR MICHELE MONTANHA
  Portugal parece ser a bola da vez. Se há algum tempo atrás os portugueses migravam para o Brasil em busca de oportunidades, o caminho tem sido inverso e brasileiros partem para pátria irmã, seja para investir ou abrir novas frentes.

  E para quem trabalha com vinhos, não é diferente. Profissionais e empresários brasileiros apostam no país. Prova disso é a matéria recente realizada pelo jornal Valor Econômico, que destaca empresários brasileiros de diferentes segmentos investindo na produção de vinhos na região do Douro, em Portugal.

   Segundo o jornal português Mundo Lusíata, o Brasil investiu 127 milhões de euros no primeiro trimestre em vistos Gold, um montante superior ao registrado em todo o ano de 2016. Esses números têm como base os dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). Só fica atrás da China, que tem investido mais pesado não somente em Portugal, como em outros países da Europa.
  
 Outro veículo que deu manchete ao assunto foi o Jornal do Comércio, confirmando o interesse por empresários brasileiros no setor vinícola do país. O foco por parte dos empresários brasileiros é investir em vinícolas e lojas de vinhos.

 A publicação cita ainda como fonte o deputado gaúcho Mauro Pereira (PMDB), que acredita que uma das razões seria a praticidade, já que o Brasil possui um elevado IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), o que encarece muito o preço dos vinhos no Brasil.

  O cônsul geral de Portugal no Brasil, Paulo Lourenço, já havia destacado em entrevistas que o país oferece uma oportunidade confortável e com risco controlado.

  Há um outro atrativo: o espaço Schergen. Nessa área os cidadãos da União Europeia, assim como os de terceiros países, podem circular livremente sem se submeterem a controles nas fronteiras.

Michele Montanha é jornalista e Master of Science in Wine Management, com diploma pela Universidade de Paris Ouest, na França, e OIV (International Organisation of Vine and Wine)

#prazeresdovinho, #portugal

0 comentários: