LENDÁRIO HôTEL DE CRILLON REABRE EM PARIS DE CARA NOVA

4.7.17 Simone Galib 0 Comments

   Depois de uma reforma de quatro anos, um dos endereços mais icônicos de Paris, o Hôtel de Crillon, administrado pela grupo Rosewood, reabre suas portas nesta quarta-feira, 5 de julho. A construção do século 18 agora renasce como um hotel de luxo para o viajante do século 21.

 Localizado no coração da capital francesa - no nº 10 da Place de La Concorde, o hotel palácio passou por uma cuidadosa repaginação sob os cuidados de mestres artesãos e designers, que trouxeram um ar de modernidade sem perder o elegante espírito de Paris e a art de vivre francesa. 

   A história ganhou nova vida com um toque mais fresco e moderno, enquanto objetos únicos e emblemáticos, como os lustres de ametista e os decanters em dourado e em crital Baccarat, foram mantidos e podem ser vistos em toda a propriedade.

  O renomado designer do universo fashion, Karl Lagerfeld, decorou duas suítes exclusivas, batizadas de Les Grandes Appartements.

 São no total 78 apartamentos, 36 suítes e 10 Signature Suítes que traduzem o estilo residencial parisiense - aconchegante e refinado. A decoração ganhou móveis sob medida, antiguidades e objetos de arte. 

   Ali[as, as 10 Signature Suites são a cereja do bolo do novo Hôtel de Crillon. A suíte Louis XV tem um terraço privativo com a vista para a famosa Place de la Concorde, Torre Eiffel e Grand Palais. Já a suíte Marie-Antoniette exibe espírito mais feminino, com decoração cinza perolado e toques rosados. Já as Ateliers d´Artistes são 3 suítes que prestam homenagem os poetas e pintores boêmios que viveram em Paris.

L´ÉCRIN, RESTAURANTE GASTRONÔMICO DO HOTEL
    Claro que a gastronomia marca presença forte, com o restaurante L´Ecrin, para receber apenas 22 clientes por noite e decoração do século 18. A Brasserie d´Aumont, no coração do hotel, apresenta clássicos repaginados da culinária francesa. E o Jardin d´Hiver é o lugar perfeito para o chá da tarde, um champanhe ou para saborear suas sofisticada pâtisseries. 


  A reabertura do lendário hotel inicia o novo capítulo de uma história de mais de 250 anos. Construído em estilo neoclássico, foi residência da família do Conde de Crillon antes de se transformar em hotel palácio, em 1909.

 Durante todo esse tempo muita gente importante frequentou seus salões. Marie-Antoniete, por exemplo, teve ali aulas de piano. Foi ainda residência de vários artistas e intelectuais ao longo dos séculos, entre eles Isadora Duncan, Peggy Guggenheim e Charlie Chaplin. Até mesmo a popstar Madonna registrou seu nome no livro de ouro do Crillon. Luxo!

#HôteldeCrillon, #Paris









0 comentários: