WHATSAPP X DIVÓRCIO: APP ENTRA COM FORÇA NO RINGUE DOS TRIBUNAIS

21.7.17 Simone Galib 0 Comments

 Seria o whatsapp hoje o grande responsável pelos casos de separação? Embora o país não tenha ainda estatísticas oficiais, o aplicativo está cada vez mais presente entre as principais provas no fim de relacionamentos e nas batalhas travadas por casais na Justiça.

  A traição é um dos motivos mais citados nos processos de separação. E alguns casais divorciados apontam o uso excessivo do app e até mesmo a participação do parceiro (a) em muitos grupos, sejam eles relacionados ao trabalho ou formados por amigos de longa data.

  Em um processo recente, uma mulher conseguiu na Justiça provar a responsabilidade do marido na dissolução do casamento, quando juntou aos autos do processo sua caixa de mensagens para mostrar que ele estava ignorando as mensagens enviadas por ela.

   A especialista em direito de família e presidente da ADFAS (Associação de Direito de Família e das Sucessões), Regina Beatriz Tavares da Silva, conta que a validação das mensagens do WhatsApp pode, sim, ser utilizada não apenas em casos de divórcios ou comprovação de adultério, mas também em outros ainda mais graves.

“O WhatsApp é um excelente meio de prova sobre o descumprimento dos deveres do casamento, inclusive quando este se refere ao dever de respeito entre os cônjuges, porque quando a relação está conturbada as mensagens muitas vezes são injuriosas, com xingamentos e a utilização de palavras inadequadas a uma relação conjugal.”  

  A história é séria. A Itália divulgou um levantamento oficial que confirma essa tendência. Segundo a Associação de Advogados Matrimoniais, o aplicativo foi utilizado como prova de traição em 40% dos casos de separação na Justiça. E o Facebook também já aparece como evidência nos processos de divórcios, segundo pesquisa feita por advogados da Divorce-Online, do Reino Unido, em 2012.

  É... não andam nem tranquilos nem favoráveis os relacionamentos nesses tempos virtuais!


0 comentários: