PRAZERES DO VINHO: O CHARME DAS LOJAS NA FRANÇA

17.8.17 Simone Galib 0 Comments

  

  
POR MICHELE MONTANHA
  Na França, seja em Paris ou no interior, passear nas ruelas estreitas e conferir o que tem no comércio local é verdadeiramente prazeroso. Nos mercados de ruas que vendem desde artesanatos locais, produtos de beleza, roupas, sapatos e flores, sempre vai haver um pequena e simpática loja de vinho. Por lá, você poderá degustar uma taça de cortesia e ainda comprar vinhos de altíssima qualidade com preços excepcionais.

  Os vinhos são em grande maioria franceses, de todas regiões do pais, com pequenas porcentagens de vinhos importados (isso no caso das pequenas lojas, que são a maioria). Se você tiver tempo e estiver disposto, poderá viajar pelas inúmeras garrafas e conhecer seus rótulos, suas cores e sabores num simples olhar. É mais ou menos como buscar novos livros e se encantar com as suas capas e seu prefácio. O vinho nada mais é que história. Como dizia Pasteur, "existe mais filosofia em uma garrafa de vinho que em todos os livros”. Ele tinha razão.


   O legal é que aqui no Brasil, a gente pode matar a saudade dessas lojas lindas, simples e acolhedoras. No Jardins, tem uma loja que eu adoro, a La Cave du Sommelier, dirigida e idealizada pelo  francês Stéphane Chauvel, que vem de família vitivinícola na França e o legal é que ele mantém o ambiente tradicionalmente francês. Lá, você pode conferir obras de arte aliadas com a simplicidade de uma pequena loja de vinhos franceses, mantendo seu charme e uma coleção de excelentes rótulos. 


 Quando eu morei em Paris, trabalhei na rede Le Repair de Bacchus, era uma alegria atender gente do mundo inteiro buscando vinhos direto da fonte; era como se você estivesse realizando o sonho de alguém provar pela primeira vez um vinho francês no seu próprio país. A rede tem centenas de lojas espalhadas por toda a capital e sempre vai haver profissionais de diversos países para atender quem não fala a língua local. O vinho, além de trazer prazer a mesa, traz amigos, cultura e memórias. Cheers!







Michele Montanha é graduada  em jornalismo e Master of Science in Wine Management, com diploma pela Universidade de Paris Ouest, na França, e OIV (International Organisation of Vine and Wine). 

0 comentários: