OS GRANDES DESAFIOS NA VIDA DE ANGELINA JOLIE!

8.12.17 Simone Galib 0 Comments


  Angelina Jolie e Brad Pitt se divorciaram em 2016 e foi um choque.  Sim, porque  formavam aquele casal do tipo "nasceram um para o outro". Lindos, talentosos, bem sucedidos na carreira e pais de seis filhos (alguns próprios e outros adotados). Uma família inspiradora para milhares de fãs ao redor do mundo.  

 Eles ficaram juntos por 12 anos e a separação veio acompanhada de investigações do FBI e batalhas na Justiça entre os dois por conta da custódia das crianças. Pitt estaria bebendo muito e colocando em risco a vida dos filhos, dizia Angelina.

  Os dois sofriam para lidar com a situação, tentando manter a privacidade dos filho. E os fãs torciam para que tudo aquilo não passasse de uma crise - destas que acontecem entre a maioria dos casais. Mas não foi.

 
Passado um ano, Angelina resolveu falar um pouco mais sobre o relacionamento. Em uma entrevista ao The Hollywood Reporter, a atriz comentou o último filme que fizeram juntos (À beira-mar, sobre um casal em crise, e dirigido por ela), manifestando a esperança de que o longa pudesse à ocasião melhorar o diálogo entre os dois. E fez um rápido balanço de sua última década.

  "Nós nos encontramos trabalhando juntos e o fizemos muito bem. Queria que fizéssemos um trabalho sério. Pensei que seria uma boa maneira de nos comunicar. De certa forma, foi e aprendemos algumas coisas. Mas houve um forte peso. Era algo que estávamos  lidando. As coisas acontecem por diversas razões. Por que eu escrevi esse roteiro? Por que nos sentimos assim quando o interpretamos? Não tenho certeza", disse ela. 

  E disse mais: "Um filme ou uma peça de arte pode representar a cura ou ser uma situação difícil". No final, disse que ficou feliz pelos dois terem feito o filme juntos. "Talvez, não tenha resolvido certas coisas, mas comunicamos algo que precisava ser comunicado um ao outro."

   
ANGELINA REAPARECE COM OS FILHOS EM EVENTOS ESTE ANO
  Angelina disse também que, ao longo da última década, "muitas situações extraordinárias, afortunadas aconteceram, mas também houve desafios. Ela citou a morte da mãe, as cirurgias - como a mastectomia (retirada dos seios) e o medo de ter câncer no ovário. 

  Angie precisou enfrentar as suas próprias dores (perda da mãe, vítima de câncer de mama), a retirada de seus seios e órgãos reprodutores como forma de prevenir a doença, que a apavorava, a menopausa precoce e a responsabilidade de cuidar de seis filhos. Ela emagreceu muito! Sim, um grande desafio na vida de qualquer mulher - independente da fama, beleza, carisma, sucesso... e de ser casada com Brad Pitt. 

  E até que ponto Brad conseguiu segurar a onda nessa difícil jornada? A pergunta continua no ar e é um bom tema para nós, mulheres, refletirmos. Afinal, quem não precisa domar seus medos mais profundos em determinada fase da vida?  











0 comentários: