OS 5 CAFÉS MAIS CLÁSSICOS E CHARMOSOS DO MUNDO!

23.1.18 Simone Galib 0 Comments

 
   Viajar é descobrir novos destinos, aromas, sabores, pessoas e principalmente mergulhar na cultura de cada destino. Para isso, há espaços mais especiais do que os cafés? Lugares onde a gente entra, senta, se alimenta, observa e interage.

  Afinal, quem resiste em saborear um salgado, tomar um bom café ou chocolate quente e até mesmo fazer uma refeição enquanto fica curtindo o cenário de um país diferente, mas sentindo-se parte do seu cotidiano?

  A experiência é ainda mais bacana quando esses cafés são antigos, seculares mesmo, e repletos de histórias vividas em seus salões, frequentados em épocas distintas. Quantos romances, encontros, declarações de amor, despedidas, obras de arte, textos e até grandes projetos foram concebidos entre suas mesas?

 Sempre penso nisso durante as minhas viagens. Adoro lugares históricos, com grande circulação de pessoas e muita tradição. Assim, conhecer cafeterias sempre faz parte dos meus roteiros. 

  Para compartilhar com vocês um pouco dessas vivências, escolhi alguns endereços clássicos e muito charmosos. Vamos tomar, juntos, um delicioso e histórico café?

CAFÉ FLORIAN, VENEZA
  É um lugar muito especial. Fica em uma das praças mais famosas da Europa, a Piazza San Marco, com vista para algumas das obras arquitetônicas mais importantes da cidade. Sabe quando abriu as portas? Em 1720. Considerado o café mais antigo do mundo, hoje também é um museu de arte contemporânea. Em seus salões, passou muita gente importante, entre escritores, intelectuais, filósofos e artistas plásticos. Foi ali também que nasceu a Bienal de Veneza. Um clássico desta que é uma das cidades mais românticas do mundo!

CAFÉ DE FLORE, PARIS
 
   Quem vai à cidade-luz e não senta em um café (de preferência com mesinhas na calçada), sai sem conhecer parte da essência da capital francesa. E um dos locais mais clássicos é este café que quase não mudou desde a Segunda Guerra Mundial. No passado, foi point de gente ilustre e de muitos intelectuais, como Jean-Paul Sartre, Simone de Beauvoir e Ernest Hemingway, entre tantos outros , que o transformaram em palco de calorosas discussões. Hoje é frequentado por turistas e lota durante a semana de moda parisiense. Fica no nº 172 do Boulevard Saint-Germain, 6° arrondissement.


CAFÉ DU MONDE, EUA
  Foi aberto em 1862 no Quarteirão Francês, em New Orleans, no estado da Louisiana, no sul do país, também conhecida como berço do jazz. Funciona 24 horas e até hoje é um dos locais mais concorridos da cidade que respira música, é alegre, festiva e tem uma vida noturna super movimentada. Serve café com leite e os famosos Beignets, donuts típicos do estado. Escala obrigatória para qualquer hora do dia ou da noite. 


CAFÉ TORTONI, BUENOS AIRES
  
   Na mais europeia das cidades latino-americanas, passar algumas horas em um café é pura tradição. São muitas opções, mas o endereço que entrou para a história é o Tortoni, que surgiu em 1858, na avenida de Mayo, centro, onde está até hoje. Ele mantém a decoração com fotos de época nas paredes, tem uma gastronomia deliciosa e duas salas para shows de tango. Vale a pena encarar as longas filas de espera para se sentir na Buenos Aires antiga, saboreando uma gastronomia maravilhosa.  
   
MARTINHO DA ARCADA, LISBOA
 Este café-restaurante na praça do Comércio é o mais antigo da cidade (são dois séculos de história) e está profundamente ligado à literatura portuguesa. Foi em suas mesas que Fernando Pessoa escreveu boa parte dos seus poemas. O Martinho era uma espécie de segunda casa do poeta, que o frequentava para encontrar amigos, escrever e espantar a solidão. Serve delícias da comida típica do país, como assados e bacalhau, aqueles doces maravilhosos do país e tem uma ampla carta de vinhos. É o tipo de lugar em Lisboa que você precisa ir pelo menos uma vez na vida.
Fernando Pessoa: cliente ilustre do café restaurante

0 comentários: