UBER DOS CÉUS: CO-FUNDADOR DO GOOGLE TESTA 'CARROS VOADORES' NA NOVA ZELÂNDIA

13.3.18 Simone Galib 0 Comments

      Carros voadores poderão estar cruzando os céus do mundo na próxima década -e não se trata de ficção. A startup Kitty Hawk testou secretamente o protótipo, nos últimos cinco meses, na Nova Zelândia.

    Batizado de Cora, tem apoio financeiro do co-fundador do Google, Larry Page. Foi o jornal The New York Times que divulgou as primeiras informações sobre o tal carro voador - um mix de helicóptero e planador, que estava sendo testado na Ilha Sul da Nova Zelândia.

 
                                                                           FOTOS KITTY HAWK/DIVULGAÇÃO
    
Até então cercado de muito sigilo, o projeto foi divulgado oficialmente nesta terça-feira, dia 13 de março, pelo primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, e Fred Reid, presidente-executivo da Zephyr Aiworks, que trabalha junto às autoridades do país ligadas à aviação civil.  

    A ideia da startup é construir em futuro não muito distante uma rede de táxis aéreos auto-voadores, espécie de Uber aéreo para agilizar o transporte dos passageiros.

    O Cora é elétrico, pode transportar dois passageiros, voando entre 152 m a 914 metros acima do solo, com uma única hélice, a mais de 170 km/h. Nada mal, hein?

 
       Em seu site, a startup escreve que "um táxi aéreo significa trazer o aeroporto para o passageiro. Por isso, o Cora pode decolar e pousar, como um helicóptero, sem a necessidade de pistas."


   Ou seja: ele tem o potencial de transformar espaços, como telhados ou estacionamentos, em pista de pouso  para atender ao passageiro no seu próprio bairro. 

       O que se sabe até agora sobre a Kitty Hawk é que o projeto é financiado pessoalmente por Larry Page e liderada por Sebastian Thrun, ex-cientista do Google, que trabalhou nos carros autônomos (sem motoristas) da empresa e no Google Glass.

   A gente torce para que o Cora realmente decole. Porque pegar um Uber aéreo diretamente no nosso bairro vai ser tudo de bom!


0 comentários: