DELÍCIAS DE PRIMAVERA: 5 JARDINS QUE SÃO PURA INSPIRAÇÃO!

14.9.18 Simone Galib 0 Comments


    
   O que representa para você um jardim? Para mim, é sempre um respiro, um relax, um aconchego e um colírio para os olhos em meio ao estresse do dia a dia. Afinal, quem não gosta do colo da (mãe) natureza?
    Passar algumas horas respirando um pouco de ar, nem que seja em um cantinho da sua casa, na varanda ou na pracinha, sempre faz bem em qualquer época do ano. Só que na primavera... ah... tudo fica mais bonito, mais verde, mais colorido.
    E a estação mais florida está chegando - começa oficialmente dia 22 de setembro. O Brasil tem jardins incríveis, em praticamente todas as regiões do país, para a gente aproveitar os dias ensolarados e aquelas chuvaradas gostosas no final da tarde. Afinal, tem coisa melhor do que vegetação verdinha e cheiro da terra molhada? Por isso, fui atrás de alguns dos melhores deles. Respire – e se inspire!
      

JARDIM BOTÂNICO DE SÃO PAULO (SP)
  
  A selva de asfalto e prédios também abriga verdadeiros oásis. E o Jardim Botânico, no bairro da Água Funda (ao lado do Zoológico, na zona sul da cidade), é um deles. O parque tem 360 mil m² de área, com várias espécies de plantas da Mata Atlântica, pássaros e árvores exuberantes. Além de muito sossego, o local é limpo, bem cuidado, tem um lago lindo com chafariz e uma trilha que te dá a sensação de estar em uma floresta. Uma dica bacana é levar uma cesta e fazer um belo piquenique junto aos amigos ou daquela pessoa tão especial...    

PARQUE DA INDEPENDÊNCIA (SP)
   
 É um dos locais mais bonitos de São Paulo e toda vez que ali vou lembro da minha infância (era o parque preferido), dos desfiles escolares de 7 de Setembro e da história do Brasil. Apesar do descaso das autoridades com o nosso patrimônio cultural (o Museu do Ipiranga está fechado porque precisa de restauração e ainda choramos sobre as cinzas do Museu Nacional, no Rio), ainda temos (que bom!) esse parque de 161 mil m², inspirado nos clássicos jardins franceses, como os do Palácio de Versalhes, na França. Há muitos canteiros de rosas (e nesta época elas ficam exuberantes), palmeiras e ciprestes. É ainda um dos locais muito procurados para caminhadas e exercícios, com pista de cooper e aparelhos de ginástica.


JARDIM BOTÂNICO, RIO DE JANEIRO
Os cariocas e turistas amam este parque que fica no bairro que lhe dá o nome. Um dos seus grandes cartões-postais é a almeda de palmeiras imperiais, um dos símbolos da família real. Aliás, foi criado por dom João 6° há 210 anos. Era um dos locais preferidos do compositor e maestro Tom Jobim. Tem muitas espécies de flores, estufas de orquídeas, árvores centenárias e plantas exóticas, sendo considerado o maior e principal jardim botânico do país. O lago com vitórias régias e o jardim japonês (de 1935) são lindos. Sua visita por ali não deve durar no mínimo duas horas e vale, sim, muito a pena! 


JARDIM BOTÂNICO, CURITIBA
  
   O impacto surge logo de cara: na entrada, um tapete de flores, cuja as tonalidades podem variar; e a fundo, a enorme estrutura da estufa de vidro, inspirada no Palácio de Cristal, de Londres. Este é o maior cartão-postal de Curitiba, o seu Jardim Botânico, visitado por turistas e pesquisadores por abrigar espécies consideradas referência nacional. Super bem cuidado, tem belos canteiros floridos, fonte d´água e uma trilha de 200 m de extensão percorrida de olhos vendados para que o visitante sinta o local com seus cincos sentidos – o perfume das flores, o barulho da água, a textura das plantas... Não por acaso se chama Trilha das Sensações. Delícia de programa, não?


MANGAL DAS GARÇAS, BELÉM (PA)
  Acabei de conhecer e gostei do que vi: é um dos parques ecológicos mais bonitos de Belém do Pará. Localizado em uma área da Marinha, às margens do rio Guamá, o parque tem borboletário, árvores de frutas, a vegetação da Mata Atlântica, palmeiras de açaí e um restaurante. A vista mais bonita pode ser capturada do Farol de Belém, de 47 m de altura, o qual você acessa por elevador. Porém, uma das atrações mais concorridas é quando os funcionários do parque alimentam as aves, que ficam soltas por ali, no final da tarde. Centenas de garças e guarás começam a chegar a partir das 17h para o jantar, espalhando-se por todo o local. É um passeio ótimo!

INSTITUTO INHOTIM, Minas Gerais
  
   Um lugar único no Brasil, com arte e natureza espalhadas por todos os lados. Fica em Brumadinho (cerca de 60 km de Belo Horizonte) e já recebeu cerca de 3 milhões de pessoas. O jardim, cercado por exuberante vegetação (o instituto está dentro da Mata Atlântica, em área de preservação), tem 4,3 mil espécies em cultivo. É considerado ainda o maior centro de arte ao ar livre da América Latina e atrai inclusive muitos visitantes estrangeiros interessados em conhecer suas plantas exóticas (tem 1,5 mil espécies de palmeiras catalogadas) e em sua programação cultural. Ali, sempre há exposições de arte contemporânea e de fotos, entre outras atividades.



0 comentários: