INDULTO DE NATAL ESTÁ ENTRE OS ASSUNTOS MAIS COMENTADOS DO TWITTER MUNDIAL

28.11.18 Simone Galib 0 Comments

    Toda vez que uma questão polêmica sacode o país, como o julgamento do indulto de Natal do presidente Michel Temer nesta quarta-feira, dia 28, vem a certeza de que o Supremo Tribunal Federal (STF) faz o que pode para cutucar, indignar e provocar a sociedade brasileira.

  Assim, os procuradores da República convocaram um tuitaço às 14h com a hastag #tuitaçonão para pressionar os ministros da alta Corte. Nas mídias sociais não se fala em outra coisa. É a tag que ocupa o 1º lugar no Twitter do país desde o início da tarde e um dos assuntos mais comentados do Twitter mundial.

  É uma atitude pretenciosa - para não dizer abusada - em pleno momento de transição do novo governo. Se validado pelo STF, o indulto vai beneficiar 80% dos presos por corrupção, além de abrandar a pena de outros criminosos e daqueles que têm mais de 70 anos, como o próprio Temer, também envolvido nas denúncias de corrupção da Lava-Jato. Que vergonha!

   Não é a primeira que o STF viola abertamente a Constituição do país para favorecer políticos amigos, legislando em causa própria. Mas, será a última, afirma o presidente eleito Jair Bolsonaro. 

  "Fui escolhido presidente do Brasil para atender aos anseios do povo brasileiro. Pegar pesado na questão da violência e criminalidade foi um dos nossos principais compromissos de campanha. Garanto a vocês, se houver indulto para criminosos neste ano, certamente será o último", escreveu Bolsonaro em suas redes sociais.

   Para um bom entendedor, meia palavra basta. Está mais do que na hora de acabar com essa explícita Suprema Troca de Favores entre ministros e seus aliados. Aliás, acabei de lançar essa tag! 
  
 #indultonão, #SupremaTrocaDeFavores



0 comentários: