BAGAGEM DE MÃO EM EXCESSO JÁ É COBRADA NOS AEROPORTOS DO PÁÍS!

2.5.19 Simone Galib 0 Comments

      Viajar de avião no Brasil virou um festival de taxas extras. Agora, o passageiro vai pagar também pelo despacho da bagagem de mão, caso esta não obedeça às regras estipuladas pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear).

    Isso significa que, se você estiver com uma mala de bordo acima de 10 kg (o peso máximo), vai ter de pagar entre R$ 59,00 e R$ 120. O tamanho também é importante: ela deve ter 55 cm de altura por 35 cm de largura e 25 cm de profundidade. 

   A medida passa a valer a partir desta segunda, dia 2, para os aeroportos de Fortaleza, Cofins (BH), Guararapes (PE) e Val-de-Cans (Belém).

  A partir do dia 13 de maio entra em vigor no Aeroporto de Congonhas (SP), Salgado Filho (Porto Alegre), Santa Genoveva (Goiânia), Galeão e Santos Dumont (RJ). 

   Desde que as empresas aéreas começaram a cobrar pelo despacho de malas (e os preços não são nada baixos), os passageiros passaram a voar com bagagem de mão mais reforçada. 

   Isso acabou causando um transtorno imenso na hora de entrar no avião porque os bagageiros ficam lotados. Assim, quem chega por último muitas vezes não tem lugar para guardar seus pertences de mão.

   Até aí, tudo bem em regularizar pesos e medidas. Mas, cobrar mais taxas por bagagem de mão, é exagero. Várias companhias aéreas internacionais também estipulam medidas para a bagagem de mão, porém não cobram nada mais por isso. 

   Se a PEC para o fim da cobrança de despacho de bagagem for aprovada pelo Congresso, acabam todos esses problemas que vêm causando o maior estresse na vida das pessoas.

   O lobby das empresas aéreas para que a medida continue é forte, mas existe consenso entre os senadores que não houve redução de tarifas, conforme prometido por elas há três anos quando passaram a cobrar pela franquia de bagagem. 

   


#bagagemdemão, #taxas







0 comentários: