PREFEITO DE NY VOLTA A ATACAR BOLSONARO: 'HOMOFÓBICO ORGULHOSO'

11.5.19 Simone Galib 0 Comments

      Depois de ver esvaziado seu projeto de usar politicamente a visita de Jair Bolsonaro a Nova York, o prefeito da cidade, Bill de Blasio, voltou a atacar o presidente brasileiro nas mídias sociais neste sábado (11).

   Em seu Twitter ele postou: "Se você quer invadir nossa cidade e se gabar de destruir o meio ambiente, ou sobre como você é um homofóbico orgulhoso, então os novaiorquinos te criticarão por sua porcaria."

   Ele também comentou a declaração de Bolsonaro, que o classificou de radical por ter pressionado empresários para não sediar o evento. "Se é radical se levantar contra sua ideologia destrutiva, então somos radicais orgulhosos", escreveu. O presidente brasileiro, em entrevista a Rádio Bandeirantes no domingo, 12, disse que De Blasio "é um paspalhão".

   Bolsonaro quebrou a estratégia do sr. de Blasio, que já estava organizando movimentos de protestos, quando desistiu de receber o prêmio de Personalidade do Ano, dado pela Câmara Brasileira de Comércio Brasil-Estados Unidos, dia 14 de maio, em Nova York. Blasio quer se lançar candidato dos democratas para a presidência do país em 2020.

   O presidente reconsiderou e decidiu participar da cerimônia em Dallas, no Texas, nos dias 15 e 16 de maio. O prefeito da cidade americana, Mike Rawlings, também democrata, respondendo a um jornal brasileiro, neutralizou qualquer tipo de polêmica e ainda deu uma lição de casa para o colega novaiorquino.

   Mesmo não concordando em parte com a política de Bolsonaro, ele disse que "eu tenho um grande respeito pelo povo brasileiro e não vou me envolver em uma disputa política pública com nenhum líder democraticamente eleito."

    O prefeito novaiorquino, além de demonstrar falta de habilidade política e de educação, deveria estar mais preocupado em se defender das cobranças e denúncias de corrupção por mau uso de dinheiro público que rondam a sua gestão desde o início.  
    
   Na quinta-feira (9), o jornal The New York Times publicou editorial, pedindo a Bill de Blasio que cumprisse suas promessas à população da cidade.

 
                   NY TIMES/REPRODUÇÃO
      Com o título Mayor Blasio, keep your promisse on senior housing (Prefeito Blasio, mantenha sua promessa para residência dos idosos), o jornal disse que 
em junho de 2018 ele prometeu US$ 500 milhões para construir novas moradias a idosos de baixa renda. O anúncio foi feito diante de uma multidão em frente à sede da prefeitura.

Quase um ano depois, descobriu-se que o dinheiro não estava previsto no orçamento e nenhuma casa foi construída. Além disso, em sua gestão aumentou o número de homeless (sem teto) nas ruas da cidade! 

    De Blasio, ao que tudo indica, gosta de passar vergonha!

0 comentários: