REFUGIADOS VIRAM ANFITRIÕES DO AIRBNB COM CARDÁPIOS DE EXPERIÊNCIAS CULTURAIS

4.7.19 Simone Galib 0 Comments

          Não basta defender a inclusão social, é preciso praticá-la. Assim, 20 refugiados e imigrantes são os mais novos anfitriões de Experiências no Airbnb em São Paulo.

     O objetivo do programa, batizado de Experiências de Impacto Social, é conectar este público à sociedade brasileira por meio do empreendedorismo, funcionando como uma alternativa de lazer tanto para os paulistanos, como para os visitantes. 
   
 
Manier-Sael e os segredos da cozinha do Haiti                         Fotos Divulgação
       A plataforma, em parceria com a ONG Migraflix, traz 20 experiências em várias regiões da capital oferecidas por anfitriões de nove países (África do Sul, Bolívia, Colômbia, Guiana Inglesa, Haiti, México, Congo, Síria e Venezuela).


 
A arqueóloga Yaman-Saad e as grandes experiências em Damasco
      
Esses imigrantes oferecem atividades culturais, como um legítimo jantar sírio servido na casa de uma refugiada do país, apresentação de música de trabalhadores venezuelanos e até aula de dança e turbantes africanos, dada por uma ex-miss congolesa.
 
O banquete de comida síria por Ghazal Baranbo

      As novas experiências estão localizadas em várias regiões da capital. Por exemplo: a degustação de doces da Venezuela pode ser feita no bairro da Pompeia. Na Vila Gumercindo, você pode aprender a fazer o pão sírio folha ou até ouvir música de uma banda haitiana na Liberdade.  

A professora de dança Nduduzo Siba, da África do Sul
      Há também oficinas para aula de danças zulu africana ou para costurar a sua própria boneca de pano. Essas experiências custam entre R$ 40 e R$ 130 por pessoa e a renda é 100% revertida para a ONG. 

   Gostou do projeto? Este blog amou. No site estão todos os detalhes!

   #airbnb, #refugiados, #experiencias 




0 comentários: