HELLO MUNDO: A CRISE INTERNACIONAL DA AMAZÔNIA É DE COBIÇA!

23.8.19 Simone Galib 0 Comments

 
       Não posso deixar de comentar aqui que a Amazônia vai muito bem, obrigada. Só que para o restante do mundo ela está ardendo em chamas, à beira da destruição total e a histeria midiática é tão gigante quanto à floresta.

     O fato é que o Brasil vive o ápice da maior fake news global dos últimos tempos. Não me lembro de ter visto nada parecido. Extrapola a polarização política. Entra no campo da maldade, da vingança e do desejo de prejudicar, não apenas o atual governo, mas a própria nação. 

     O presidente francês, Emmanuel Macron, que mal conseguiu conter os incêndios de Paris, postou nesta quinta-feira, dia 22, em seu Twitter, que "a nossa casa está queimando" (como assim, nossa?) e declarou "crise internacional" na Amazônia, convocando os países do G7 a discutirem o assunto no sábado (24).

 
       Como se não bastasse a arrogância do "nossa casa" e de ter se intrometido em um assunto que não lhe diz respeito, Macron ainda usou uma foto antiga de queimada na floresta para ilustrar o post.

     Aliás, a foto já vinha sendo compartilhada por celebridades, como Leonardo DiCaprio e Gisele Bundchen, entre outras, em suas redes sociais. Ela foi feita por um fotógrafo da revista National Geographic, que morreu em 2003.  
     
        O craque português Cristiano Ronaldo foi outro que embarcou na fake news e publicou um Twitter defendendo a Amazônia com  foto de uma queimada antiga em uma reserva ecológica no Rio Grande do Sul.

    A história envolveu até a NASA, que publicou foto da floresta mostrando que não havia nenhuma situação fora de controle. Ao contrário. "A partir de 16 de agosto de 2019, as observações por satélite indicaram que a atividade total de incêndios na bacia amazônica foi ligeiramente inferior à média se comparada com os últimos 15 anos"


    Aí a brigada verde-amarela entrou em ação. General Heleno, o vice-presidente general Mourão e o próprio Bolsonaro fizeram duros desmentidos. E as redes sociais estão em total alvoroço!

      O pano de fundo desta "crise internacional" divulgada por Macron foi a decisão de Bolsonaro de cortar o Fundo Amazônico, criado pelo governo Lula em 2010, que recebia recursos milionários para abastecer as ONGs (dizem que são 100 mil). Segundo o governo, elas ficavam com 40% desse dinheiro.

      Insatisfeitas, passam informações manipuladas para a imprensa internacional que as repercute de forma negativa. É um grande complô contra uma área de floresta que tem 5 milhões de km², o tamanho da Europa Ocidental.

       Não sei como vai acabar essa história, mas os que têm o mínimo de consciência ambiental e respeito pela pátria precisam defender a Amazônia das fake news e dos seus reais predadores. Tem gente demais interessada em nossas riquezas e a crise internacional é de cobiça!

0 comentários: