ÓLEO NO NORDESTE: TARTARUGAS, PEIXE-BOI E HUMANOS CORREM RISCO!

10.10.19 Simone Galib 0 Comments

   
         Quem vai pagar pelos enormes transtornos e danos causados pelo vazamento de petróleo no Nordeste do Brasil? O acidente coloca em risco tartarugas-marinhas, aves, o peixe-boi, o mais ameaçado de extinção no Brasil, e pode prejudicar a saúde humana. 

         Análises da Petrobras atribuem à Venezuela a origem do petróleo. Foram atingidos 138 locais de nove estados, o que corresponde a 40% das cidades litorâneas do Nordeste. Os borrões de óleo também surgiram na foz do rio São Francisco, em Alagoas.

        Uma força-tarefa, incluindo especialistas em cetáceos, trabalha duro para cuidar dos animais contaminados. Das 16 tartarugas encontradas cobertas de óleo, apenas duas continuam vivas e estão em tratamento no Rio Grande do Norte.

   
         Para evitar mais mortes, o Projeto Tamar concentra em tanques 800 filhotes de tartarugas que nesta época do ano costumam ser lançados ao mar. Não resistiriam!



        Segundo especialistas, o petróleo cru - encontrado em borrões nas praias - é perigoso para a saúde humana por ser composto de uma complexa mistura de componentes orgânicos e 70% de hidrocarbonetos, altamente tóxicos para os organismos. Pode afetar ainda as algas que servem de alimento ao peixe-boi marinho.

 
BARRIL DE PETRÓLEO EM SERGIPE/ FOTOS PÚBLICAS
         O Instituto de Defesa do Meio Ambiente em Natal e o Projeto Tamar também orientam a população e turistas sobre cuidados preventivos.


        O contato com o óleo deve ser evitado, mas se acontecer é preciso colocar gelo ou retirar o piche com óleo de cozinha. Se a pessoa for alérgica, precisa procurar atendimento médico com urgência. 

        Além de matar os animais e prejudicar o meio ambiente, o vazamento afeta o turismo local e a imagem do Brasil lá fora em um momento em que o país investe para atrair visitantes estrangeiros.

       Ambientalistas internacionais estão em silêncio total e há indícios fortes de que o maior acidente ambiental já enfrentado pelo Nordeste foi criminoso.

       Na atual fase do Brasil, não é nada impossível!      




0 comentários: