AMAZÔNIA: PRESOS BRIGADISTAS SUSPEITOS POR INCÊNDIOS EM ALTER DO CHÃO!

26.11.19 Simone Galib 0 Comments

           Com suas praias à beira do rio Tapajós e um pôr do sol de tirar o fôlego, o charmoso vilarejo de Alter do Chão, em Santarém, no Pará, é um dos locais mais bonitos do Brasil e muito frequentado por turistas, especialmente estrangeiros.

         Mas, acabou virando manchete no noticiário internacional pelos incêndios ocorridos em setembro último e que duraram quatro dias. Nesta terça-feira, a polícia civil do estado prendeu quatro brigadistas suspeitos de terem provocado o fogo.

         Os detidos são ligados à ONGs que fazem parte da Saúde e Alegria, uma organização premiada por sua atuação na Amazônia. A polícia também fez buscas na sede, depois de uma investigação de dois meses.

         Diz a polícia que eles teriam feito um acordo com a ONG internacional WWF para vender 40 imagens dos incêndios na floresta, a R$ 70 mil cada. Essas imagens rodaram o mundo!

        Ainda segundo a polícia, a divulgação sensibilizou o ator Leonardo DiCaprio que doou US$ 500 mil para combater o fogo na região. Desse total, US$ 300 mil foram para os brigadistas, que teriam falsificado notas fiscais ao receber o dinheiro. 

       O incêndio teria atingido uma área de reserva ambiental, alvo de grileiros e que chegou a ser ocupada irregularmente para a construção de um loteamento privado.

       A Saúde e Alegria diz ter sido surpreendida com a notícia. Em nota disse que "estamos em choque com a prisão de pessoas que não fazem senão dedicar parte de suas vidas à proteção da comunidade". Acrescentou que tudo "deve ser esclarecido e a inocência deles, reconhecida".

   




0 comentários: