BRASIL VAI EXPORTAR ÁGUA PREMIUM FEITA COM AR DA AMAZÔNIA!

22.11.19 Simone Galib 0 Comments

       Em dezembro, será lançado um produto inédito, sustentável e totalmente feito no Brasil para abastecer o mercado premium mundial: água produzida com o ar da Amazônia, considerado um dos mais puros do mundo.

      A iniciativa é da Ô Amazon Air Water, empresa brasileira que vai comercializar a primeira água condensada para consumo do planeta.

    A bebida, que passa por processos de condensação e filtragem, é produzida em uma fábrica na cidade de Barcelos, às margens do rio Negro, no coração da floresta. 

      A ideia surgiu surgiu em 2009 por iniciativa de quatro empreendedores brasileiros que começaram a pesquisar a tecnologia AWG (Atmosferic Water Generator).

     Ela retira água da umidade do ar, passando por vários processos até se tornar própria ao consumo. Eles investiram R$ 30 milhões no projeto. O local era uma antiga fábrica de palmito desativada.  

       Depois de lançada no Brasil, será exportada para Le Havre, na França, que a distribuirá para vários mercados do mundo por meio do e-commerce. A Europa é estratégica porque tem uma cultura amadurecida em relação a águas premium. 

    Vai ser envasada pela Owens Illinois, líder mundial na fabricação de embalagens de vidro, e as embalagens serão recicláveis. Além disso, as tampas vêm com sementes para serem plantadas. O foco é vender a água nos hotéis e restaurantes de luxo e free-shops. 

  PROJETO SUSTENTÁVEL

     "Surgiram muitos desafios quando começamos empreender em um projeto tão inovador no interior da Amazônia. Nossa missão é manter sempre o cuidado com as comunidades locais e o meio ambiente", diz Cal Junior, presidente da empresa.

       Além de ser um projeto sustentável, ou seja, de impacto zero no meio ambiente, a ideia é ajudar a vida dos nativos, transformando, no futuro, a fábrica em um polo cultural, com um museu da história do município, esporte, música, artes e sustentabilidade para as crianças, entre outras atividades.

       A água será vendida a 6,70 euros no mercado internacional. Não estará imediatamente disponível no Brasil, mas o brasileiro pode comprá-la no e-commerce por R$ 67. Luxo!

       






0 comentários: