MÁFIA É REVISITADA NA ABERTURA DO FESTIVAL DE CINEMA ITALIANO EM SP!

20.11.19 Simone Galib 0 Comments


      Quem gosta de cinema, pode aproveitar esta semana para assistir a bons filmes no 14º Festival do Cinema Italiano, que começa nesta quinta, 21, e segue até o dia 27 em algumas salas de São Paulo.

      A abertura do festival aconteceu na terça-feira, 19, com um cocktail para convidados que superlotaram o Auditório Oscar Niemmayer, no Ibirapuera.



        O filme escolhido para a pré-estreia foi O Traidor, de Marco Bellocchio, produção ítalo-brasileira que vai representar a Itália no Oscar de 2020 na categoria de melhor filme estrangeiro.

      Com o ator Murilo Rosa como mestre de cerimônias, o palco contou ainda com a presença de Maria Fernanda Cândido, uma das protagonistas do longa, do produtor executivo e do cônsul da Itália em São Paulo, entre outros convidados.

       O longa revive a história de Tommaso Buscetta (vivido pelo ator Pierfrancesco Favino), ex-membro da máfia siciliana Cosa Nostra que, ao ser preso no Brasil nos anos 1980 e extraditado para a Itália, resolveu colaborar com a Justiça e foi considerado traidor pelos antigos membros do grupo, que acabaram presos.

       Buscetta tinha uma relação estreita com o Brasil. Foi aqui que ele se refugiou por duas vezes, quando a máfia da Sicília travou uma guerra entre as facções, em que foram mortas várias pessoas da família de Buscetta, inclusive seus dois filhos.

      Sua terceira esposa, a brasileira Maria Cristina Guimarães, é interpretada por Maria Fernanda Cândido. Aliás, foi ela que o convenceu a colaborar com a Justiça. Foi o maior processo jurídico da história. Buscetta morreu em abril de 2000.

       Com um bom enredo, cenas fortes e grande elenco, o filme, de fato, é um forte concorrente ao Oscar. De tão detalhista, acaba sendo muito longo (135 minutos) e um pouco arrastado no final. Mas, para quem gosta do gênero, vale a pena. 
      
      Este ano o festival de cinema contemporâneo também estará em algumas cidades do interior. A programação completa, você confere aqui






       

        

0 comentários: