FACEBOOK, GOOGLE E TWITTER COMBATEM FAKE NEWS SOBRE O CORONAVÍRUS!

31.1.20 Simone Galib 0 Comments

      Facebook, Google, Instagram e Twitter se unem para combater as fake news, ou teorias conspiratórias, relacionadas ao coronavírus. 

     Em Hong Kong, o Facebook diz que vai remover alegações falsas sobre supostas curas, falsos métodos de prevenção e outras notícias não comprovadas cientificamente, informou a CNN.

    À medida que o surto avança, há um aumento considerável de conversas online e, consequentemente, as chamadas informações falsas, que desinformam em vez de informarem.

    O site também planeja aumentar suas equipes de checagem e monitoramento de fatos no Instagram. Assim, os usuários que clicarem em hashtag relacionada ao coronavírus vão receber um pop-up com informações corretas.

    A ideia da rede social é priorizar fontes legítimas de informação e até permitir que organizações selecionadas exibam anúncios gratuitos com orientações de especialistas e que serão divulgadas nos feeds dos usuários.

    Todas essas medidas serão implementadas aos poucos, diz o Facebook. O Google e o Twitter também estão adotando ferramentas que levem os internautas a informações confiáveis.

    Desde a última quinta-feira, quando foi decretada emergência global pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Google anunciou que as pessoas em busca de informações sobre o coronavírus receberão aviso especial com atualizações da OMS.

   O YouTube, que pertence ao Google, informou que vai promover vídeos de conteúdo confiável - especialistas em saúde pública e agências de notícias - quando os usuários pesquisarem clipes sobre o vírus. Eles vão aparecer nos resultados da pesquisa ou em painéis sugerindo os principais vídeos sobre o tema.

    O Twitter também incentiva os usuários que pesquisem o coronavírus para visitarem primeiramente os canais oficiais de informações sobre a doença.

    Nos Estados Unidos, a plataforma direciona os usuários para os centros de controle e prevenção de doenças, sob a manchete em negrito #knowthefacts (conheça os fatos).

    A campanha está sendo veiculada em 15 países, incluindo EUA, Reino Unido, Hong Kong, Cingapura e Austrália. "E continuará a se expandir conforme a necessidade", informou a empresa em um post.

    Iniciativa mais do que bem-vinda em tempos de tantas informações e da ameaça de uma epidemia global.

    O mundo sem fake news é muito melhor!









0 comentários: