IMAGENS DE HARRY E MEGHAM SÃO RETIRADAS DA ALA DA FAMÍLIA REAL NO MUSEU DE CERA DE LONDRES!

9.1.20 Simone Galib 0 Comments

    O Museu de Cera Madame Tussauds, de Londres, retirou nesta quinta-feira (9) as estátuas de Megham Markle e do príncipe Harry da galeria onde está a família real.         

     Essa atitude mostra o quanto a decisão do duque e da duquesa de Sussex de abandonar os cargos sêniors da realeza, anunciada na quarta-feira (8), está sacudindo o Reino Unido.  

     "Os personagens de Harry e Meghan não aparecerão mais na instalação que reúne a rainha Elizabeth com os outros membros da família real. Como são duas de nossas figuras mais populares e queridas, eles continuarão como parte importante do acervo enquanto aguardamos o que o próximo capítulo reserva para o casal", disse o diretor do museu, Steve Davies, no Twitter.

     O que acontecerá agora?

     Esta é a pergunta que todos estão fazendo no Reino Unido e no restante do mundo. 

      A família real britânica está magoada, porque soube pela TV que o neto querido da rainha, príncipe Harry, e sua esposa, decidiram se desligar das obrigações da realeza para buscar sua independência financeira.

     O fato foi revelado pelo jornal The Sun e, de imediato, ganhou repercussão internacional. Ainda na quarta, o casal usou sua conta do Instagram para explicar os motivos que o levaram a tomar a decisão.

      Eles contaram que passaram meses amadurecendo a ideia e discutindo a respeito para começar o ano de 2020 com uma nova fase em suas vidas. E ficaram seis semanas no Canadá, abrindo mão da tradição de passar os festejos de Natal e Ano Novo junto à família real.

     Ainda atônito com a notícia, o Palácio de Buckingham divulgou uma nota dizendo que as as discussões estavam apenas no início e que esta é "uma decisão complicada". 
     
    Harry e Megham ainda revelaram que pretendem passar uma temporada na América do Norte e outra no Reino Unido junto com o filho Archie, de oito meses. Especula-se que o Canadá seria o segundo lar.
A casa de campo, reformada por 2,4 milhões de libras, para o casal Megham e Harry

    Disseram também que vão manter a casa de campo Frogmore Cottage, uma das mais valiosas da rainha, no Castelo de Windsor. A reforma da propriedade, para onde os dois se mudaram pouco antes do nascimento do bebê, custou aos contribuintes britânicos 2,4 milhões de libras (cerca de R$ 10,8 milhões).

    O jornal Daily Mail avalia que o duque e a duquesa poderão perder cerca de 2 milhões de libras - R$ 10 milhões - por ano que recebem do tesouro da coroa britânica.      


    Isso porque ao declinar de seus cargos sêniors na realeza, eles deixam de receber recursos do Sovereign Grant, fundo de dinheiro público que paga o custo dos deveres reais oficiais.

   O casal disse que o Sovereign Grant pagou 5% do seu cargo oficial a partir de 2019, com os 95% restantes sendo financiados pelo príncipe Charles por meio de sua renda do Ducado da Cornualha.

     O fato é que Harry e Megham são pessoais classificadas na categoria especial, pais de um futuro príncipe, e que necessitam de todo um staff de segurança e condições apropriadas para se locomoverem. Harry também é o 6º na sucessão do trono.

    Segundo a imprensa britânica, eles deverão conversar com a rainha nos próximos dias. Nas redes sociais, o caso está sendo comentado com a hasthag #Megxit (em alusão ao Brexit).

     A agência Press Association e a emissora de TV Sky News, citando uma fonte anônima do Palácio de Buckingham, disseram que a rainha, o príncipe Charles e William pediram aos conselheiros uma solução rápida, "de dias, e não de meses".

     Será que esta história vai terminar com o famoso... e foram felizes para sempre? 
    
      Assim como o museu de cera, todos aguardam o próximo capítulo!
   






0 comentários: