AIR FRANCE, KLM, LUFTHANSA E EMIRATES FLEXIBILIZAM REMARCAÇÕES DE BILHETES SEM MULTAS!

5.3.20 Simone Galib 0 Comments

      Muitos brasileiros reclamam nas redes sociais que encontram dificuldades para cancelar ou adiar suas viagens em função da epidemia de coronavírus.

     Mas, as companhias aéreas, europeias e do Oriente Médio, estão mudando suas regras.

     A Air France e a KLM informa que estenderam as políticas de flexibilização de datas para toda a malha aérea do grupo. 

    O cliente pode modificar sua reserva sem nenhum custo extra. A diferença da tarifa por conta da alteração de data ainda será aplicada. 

      Assim, quem tiver um bilhete da Air France ou KLM, emitido em ou antes de 31 de março de 2020 e válido para um voo programado até 21 de maio de 2020, independente do destino, poderá adiar sua viagem sem custo adicional para o mesmo destino até 31 de maio de 2020, na mesma classe de reserva. 

COMO ADIAR OU CANCELAR
      O grupo, que opera hoje 42 voos semanais entre a Europa e Brasil, oferece também a possibilidade de o passageiro alterar seu destino ou mudar a data de partida após 31 de maio.

       Nesses casos, ambas companhias dão um vaucher, válido por um ano, nos voos operados por elas. Este voucher não é reembolsável.    

      Para viagens iniciadas no Brasil, todas as modalidades de bilhete, em qualquer cabine, podem ser canceladas, isentas de multa.

      As alterações podem ser feitas diretamente em airfrance.com e klm.com, nos aplicativos móveis, pelo call center ou via agências de viagens.

      Qualquer dúvida, basta acessar o site das duas empresas, onde suas políticas estão sendo atualizadas constantemente.


OUTRAS COMPANHIAS

  O Grupo Lufthansa, que inclui Lufthansa, Swiss, Austrian Airlines, Brussels Airlines e Air Dolomiti, também adotam regras mais flexíveis para remarcação de passagens adquiridas até 31 de março, sem taxas. Valem a nível mundial.

   Voos já marcados com datas de partida até 30 de abril podem ser remarcados, apenas uma vez, até 31 de dezembro de 2020.

    A Emirates Airlines também modificou suas regras: bilhetes emitidos a partir desta sexta-feira (6) até 31 de março podem ser remarcados, sem taxas, em qualquer classe da reserva, em todos os destinos da rede.

     No site da companhia emirates.com estão todas as informações, incluindo cancelamentos inesperados de voos devido ao surto.




0 comentários: