CORONAVÍRUS: MAIS DE 40 MIL PESSOAS PODEM TER MORRIDO NA CHINA!

29.3.20 Simone Galib 0 Comments


     Os números de mortes pelo coronavírus na China voltam a ser questionados e podem ser até mais de dez vezes maiores do que os oficiais. 

     Estão sendo distribuídas às famílias cerca de 500 urnas por dia em sete casas funerárias de Wuhan. E a operação vai continuar até o Dia da Varredura do Túmulo, em 4 de abril de 2020, quando os moradores limpam os túmulos de seus antepassados.

     Por esse cálculo, serão mais de 40 mil urnas nos próximos dias, número mais de dez vezes maior aos divulgados pelo governo. Isso também mostra que as cinzas de 3,5 mil pessoas são distribuídas a cada 24 horas.


    Segundo o governo chinês, o vírus matou 3.182 mil pessoas na província de Hubei, o epicentro do surto, e mais de 81 mil pessoas foram infectadas.

     Mas, há investigações paralelas e até relatos de moradores de Wuhan, colocando em dúvida esses índices. 

Funcionários separam as urnas em necrotério de Wuhan     Foto Reprodução/Caixin
     Uma matéria, com fotos, publicada no site Shangaiist, no dia 27 de março, citando a agência de investigação chinesa Caixin, relata que quando os mortuários foram abertos nesta semana em Wuhan, as pessoas enfrentaram uma fila de até cinco horas para receber as cinzas de seus entes queridos mortos durante a epidemia.

   Quando os repórteres da Bloomberg procuraram os necrotérios para verificar o número de urnas que aguardavam a coleta, eles disseram que não tinham esses dados e também que não estavam autorizadas a divulgar informações.
   
   Um morador de Wuhan, de sobrenome Zhang, disse à RFA:

  "Não pode estar certo, porque os incineradores estão trabalhando 24 horas por dia; então como podem morrer tão poucas pessoas?"

   Além disso, continuam as restrições em Wuhan e os moradores não poderão sair da cidade até 8 de abril.  

   Considerando a evolução rápida do vírus em outros países ao redor do mundo, "os números da China agora parecem ainda mais suspeitos", diz o Shangaiist.

    Afinal, os Estados Unidos superaram a China em número de casos relatados, enquanto a Itália e a Espanha registraram mais mortes.

    Alguma coisa está fora de ordem, ou não?





   

   


0 comentários: