ÁFRICA: A PANDEMIA PODE SER CATASTRÓFICA E MATAR MILHÕES, DIZEM ESPECIALISTAS

9.4.20 Simone Galib 0 Comments

      Se está difícil para países da Ásia, Europa e Américas manterem o coronavírus sob controle, o que pode acontecer quando o covid-19 atingir maciçamente a África?


     Essa é uma das grandes preocupações das autoridades de saúde pública. Elas alertam que as taxas de infecção na África podem crescer em breve, o que minaria os esforços internacionais para acabar com a pandemia no restante do mundo.


    Em meados de março, a Organização Mundial de Saúde já alertava a África para se preparar para o pior.    

   Até agora, os países africanos foram poupados de muitas mortes, ao contrário do que ocorreu na Itália, na Espanha e agora nos EUA, mas o pior pode vir nas próximas semanas, segundo o Yahoo News.

   A grande preocupação é que a disseminação do vírus chegue a populações vulneráveis em zonas de guerra, favelas e campos de refugiados espalhados pelo continente.

   Para Jessica Metcalf, da Universidade de Princeton, a chegada do coronovírus no "tsunami de outras doenças infecciosas em populações vulneráveis da África pode ser catastrófica."

   Jessica é especializada em doenças infecciosas e políticas públicas e já trabalhou naquele continente.

   Como não há estudos sobre possíveis interações com outras doenças infecciosas já existentes ali, "as perspectivas são alarmantes". Somente a malária mata 300 mil africanos por ano.

   A rapidez com que o covid-19 se espalha combinada à infraestrutura limitada de saúde dos países africanos pode matar milhões, estimam os especialistas.

   "É uma ameaça existencial para o nosso continente", acredita John Nkengasong, diretor dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças da África.

  "Temos que vencer a batalha contra o covid-19 para sobreviver", disse.





0 comentários: