CIENTISTAS DE WUHAM FIZERAM 'COISAS LOUCAS' EM SEU LABORATÓRIO, DIZ ESPECIALISTA RUSSO

23.4.20 Simone Galib 0 Comments

    Teria sido mesmo o coronavírus criado pelo homem? Um importante microbiologista russo afirmou que o vírus é o resultado de cientistas de Wuhan fazendo 'coisas absolutamente loucas' em seu laboratório.

    O renomado professor Petr Chumakovpesquisador-chefe do Instituto Engelhardt de Biologia Molecular em Moscou, disse: 

    "Os cientistas do laboratório Wuhan estão ativamente envolvidos no desenvolvimento de várias variantes de coronavírus há mais de dez anos".
    Ele acrescentou, porém, que o objetivo era estudar a patogenicidade do vírus e não "com intenção maliciosa" de criar um assassino feito pelo homem.

   "Fizeram isso, supostamente não com o objetivo de criar variantes patogênicas, mas de estudar sua patogenicidade."

    Em entrevista a um jornal de Moscou, o professor explicou que existem várias inserções, ou seja, substituições da sequência natural do genoma, que lhe deram propriedades especiais. 

  "Eles fizeram coisas absolutamente loucas, na minha opinião."

   Por exemplo, o vírus foi inserido no genoma, o que lhe deu a capacidade de infectar células humanas.

    Ele acredita que a investigação iniciada a partir de agora terá como resultado novas regras para o trabalho com os genomas de vírus tão perigosos. "É muito cedo para culpar alguém".
  
    O porta-voz de Vladimir Putin alertou esta semana contra as alegações de que o coronavírus foi causado pelo homem.

    "Se ainda não há informações suficientes apoiadas pela ciência, pensamos ser inaceitável acusar alguém sem fundamento", disse Dmitry Peskov.

   A discussão pela origem do vírus não vai acabar tão cedo!

   

0 comentários: