KIM JONG-UN: MISTÉRIO CONTINUA E ESPIONAGEM FECHA O CERCO!

28.4.20 Simone Galib 0 Comments

     Afinal, o que aconteceu com Kim Jong-un? A Coreia do Sul disse nesta terça-feira (28) que o governo sabe onde ele se encontra, alegando que se isolou para se proteger do coronavírus, e não porque estaria doente ou morto.

     O único fato concreto é que o líder norte-coreano não é visto desde o dia 11 de abril. E as especulações sobre a sua saúde são tão fortes que os EUA mantêm cinco aviões espiões para monitorar o país, com interceptação de mensagens e observação de movimentos incomuns das tropas, informou o jornal Daily Mail.

     A Coreia do Sul, diz a mídia local, também deslocou um avião para espionar o vizinho do norte, embora Seul insista que ele esteja vivo e bem.

    Em meio a esse enredo digno de 007, outro elemento virou o grande alvo dos serviços de inteligência: o trem de luxo particular do vilão de Bond na vida real.
O trem foi localizado por satélite na estação particular perto de um resort no país

    O meio de transporte está na mira dos satélites americanos desde que foi visto na estação privé do seu palácio, perto do resort de Wonsan, na semana passada.

    O trem, de cor verde-oliva, é tão blindado que precisa de dois motores para puxá-lo a uma velocidade de 37 km/h pela precária rede ferroviária norte-coreana. 

    Como todo ditador comunista gosta de luxo, o trem do norte-coreano não foge à regra.

    Com cerca de 20 vagões, tem um espaçoso lounge, com sofás em tom rosé, moderna sala de conferências, um escritório com TV via satélite e uma cozinha equipada para oferecer cardápios que harmonizam lagosta fresca e vinhos vintage.


     As línguas mais afiadas dizem também que há outras diversões a bordo, como a "brigada do prazer": jovens bonitas para oferecer a ele e seus convidados sexo e entretenimento durante as viagens.     Kim é casado com uma cantora, seis anos mais nova do que ele.  

    Enquanto a população do país vive em estado de pobreza, o líder supremo costuma embarcar em seu trem por meio de uma rampa com um tapete vermelho.

     Segundo a inteligência americana, o líder norte-coreano estaria correndo risco de vida após passar por uma cirurgia no coração. Chegou-se até a divulgar que sofrera morte cerebral. Mas, o mistério continua.   

    O pai dele, Kim Jong-il, também tinha o próprio trem, onde teria morrido a bordo vítima de um ataque cardíaco, em 2011. Será que a história vai se repetir na família? 










0 comentários: