MORRE FUNDADOR DO GRUPO LA PASTINA, MAS SEU LEGADO É ATEMPORAL!

21.8.20 Simone Galib 0 Comments

   O mercado premium do vinho e da gastronomia sofreu uma grande perda com a morte do empresário Celso La Pastina, que abasteceu o Brasil ao longo das últimas décadas com produtos de excelência.

   Ele faleceu na quinta-feira, 20 de agosto, em decorrência de complicações cardíacas provocadas pela covid-19. 

   Era o presidente do Grupo La Pastina, dono das marcas La Pastina, World Wine e o restaurante Vino e Cucina. Foi pioneiro na criação de produtos da enogastronomia mediterrânea, como arroz, temperos e molhos. 

  A La Pastina foi criada em 1947 pelo imigrante italiano Vicente La Pastina, pai do empresário. Aos 20 anos, Celso começou a trabalhar com o pai e, visionário, expandiu os negócios da família.

   Apaixonado por boa gastronomia e vinhos, em 1999 fundou a World Wine e, assim, passou a ser considerado um dos grandes impulsionadores do crescimento do mercado de vinhos no Brasil.

  La Pastina costumava dizer que "vinho é um prazer líquido". Por isso, sempre focou em rótulos de boa qualidade, abrindo 14 lojas próprias no país. 

   O grande marco na história da empresa foi em 2007 com a abertura do Centro de Distribuição da América Latina, que ocupa área de 16 mil m² no bairro do Ipiranga, em São Paulo.

  Em 2011, o grupo comprou a importadora e lojas Fasano, que hoje coloca no mercado massas, molhos, azeites, conservas e panetones trazidos da Itália para os prazeres da mesa dos brasileiros. 

  O legado de Celso La Pastina é atemporal!
  




0 comentários: