EFEITO COVID: O CENTENÁRIO HOTEL ROOSEVELT SE DESPEDE DE NOVA YORK

13.10.20 Simone Galib 0 Comments


   O icônico The Roosevelt Hotel, em Nova York, não resistiu aos efeitos colaterais da pandemia: ele fechará suas portas definitivamente até o final de 2020.

  'O hotel icônico, junto com a maior parte da cidade de Nova York, teve uma demanda muito baixa e devido ao cenário atual, sem precedentes, e ao impacto contínuo da covid-19, os proprietários tomaram a difícil decisão de fechá-lo', informou em comunicado o estabelecimento.

  Localizado no coração de Manhattan, a poucos quarteirões da Time Square, em Midtown, o hotel foi inaugurado em 22 de setembro de 1924, tornando-se parte da história, da política e da cultura pop da metrópole. 

  O nome foi inspirado em Theodore Roosevelt, o 26º presidente dos Estados Unidos. Assim, o estilo e a arquitetura eram uma grande homenagem a ele.

   Além de hóspedes ilustres, o hotel também serviu de cenário para sucessos do cinema, entre eles Wall Street, Quiz Show, Malcolm X, Homens de Preto 3, e na telinha, Blue Bloods e The Irishman, da Netflix. 

   O estabelecimento pertence à Pakistan International Airlines e, embora tenha tomado várias medidas de segurança, sentiu o impacto das restrições das viagens desde o início da pandemia, dispensando funcionários.

   O The Roosevelt é o mais recente hotel da cidade a ser fechado após a pandemia. O vizinho Omni Berkshire Place, construído em 1926, fechou em julho, e o Hilton Times Square, em 1º de outubro. Dois hotéis Courtyard by Marriott em Manhattan também encerraram as atividades.

  Segundo a American Hotel & Lodging Association, o estado de Nova York tem 2.336 hotéis, mas 1.565 deles fecharam. Em todo o país, a previsão é que mais de 38 mil hotéis, dos 57 mil existentes, também encerrem suas atividades. 

0 comentários: