LAR, DOCE LAR: BRASILEIROS ESTÃO INSATISFEITOS COM SUAS CASAS!

6.10.20 Simone Galib 0 Comments


    Você está feliz com sua casa? Depois do isolamento, cresceu entre os brasileiros a insatisfação com o lugar onde vivem. Muitos também estão mais preocupados com as áreas comuns da convivência em condomínios.

  Foi o que constatou recente pesquisa do Hibou, instituto de monitoramento de mercado, com 1.537 entrevistas em todo o país.

  Para 40% dos entrevistados, a frequência do uso das áreas de lazer dos condomínios vai cair e a tendência é que as pessoas se divirtam dentro de casa.

  A maioria (83%) acha que os condomínios também precisarão higienizar esses locais com mais frequência.

  A academia dos edifícios é o lugar preferido dos brasileiros (71%) para voltar aos exercícios.

  Álcool em gel à disposição dos moradores é o que mais desejam hoje os moradores: 81% querem o kit de higiene em todos os espaços.

  Outros 58% dizem ser necessário melhorar a higienização na área de entrega dos alimentos. 

MUDANÇA DE HÁBITOS

Depois da longa quarentena, 57% dos brasileiros redescobriram a sala de estar e 36% o próprio home office, aliás o grande lugar de destaque já que 57% pretendem continuar trabalhando em casa.

  Um outro dado interessante é que 61% consideram a ideia de trabalhar em escritórios do seu condomínio, para evitar deslocamentos desnecessários. 

  "A redescoberta da casa gerou hábitos que podem virar rotina e que também geram prioridades na hora de escolher um outro imóvel", diz Ligia Mello, coordenadora da pesquisa. 

 Assim, 41% querem manter a cozinha como ponto de encontro da casa para momentos em família. E a internet é prioridade absoluta para os entrevistados.

  A casa conectada está nos planos dos brasileiros: 41% afirmam que os imóveis já deveriam vir com internet de alta velocidade.

  Em relação aos futuros imóveis, o brasileiro está focado nos novos hábitos de higiene criados durante a pandemia.

  

Por isso, 81% defendem que as áreas de serviço devem ser maiores para guardar com mais cuidado alimentos que vêm da rua e 66% dizem que não têm espaço para acomodar produtos de limpeza.

 Ficam as dicas para as construtoras neste novo normal!










0 comentários: