'EUROPA É TRISTEMENTE DERROTADA PELO VÍRUS CHINÊS', DIZ TRUMP

16.11.20 Simone Galib 0 Comments


   
O presidente Donald Trump disse nesta segunda-feira (16) em sua conta no Twitter que "os países europeus estão tristemente sendo derrotados pelo vírus da China. As fake news não gostam de relatar isso!"

O fato é que enquanto a Europa trava uma batalha de vida ou morte contra a covid-19, há cada vez mais evidências de que o coronavírus já estava circulando pelo mundo bem antes da comunicação oficial feita pela China.

  Cientistas de Milão descobriram que o coronavírus chegou à Itália em setembro de 2019. Eles encontraram anticorpos causados pela doença em amostras de sangue coletadas de pacientes com câncer nesse período, ou seja, cinco meses antes de o primeiro caso de transmissão doméstica ser registrado.

   Entre setembro e dezembro de 2019, a Itália estava lotada de turistas, especialmente de chineses.

  Caso os dados sejam confirmados, isso significa que a doença se espalhou da China para a Europa meses antes, levantando as suspeitas de que Pequim escondeu do mundo o vírus, que infectou mais de 54 milhões de pessoas e matou cerca de 1,3 milhão.

  Vale lembrar que Pequim notificou o primeiro caso da infecção em 8 de dezembro de 2019. E no dia 31 de dezembro relatou à OMS a existência de 'pneumonia de causa desconhecida'.

   Há outros estudos questionando o mesmo assunto. Vestígios do vírus foram encontrados em esgoto de Milão e Torino no dia 18 de dezembro.

  Barcelona também identificou em amostras de esgoto traços da doença em janeiro de 2020, mais de um mês antes de surgir o primeiro caso oficial.

  Vestígios do vírus também foram coletados do esgoto de Florianópolis em novembro de 2019.           

  A China concordou em participar de um estudo com a OMS para examinar as origens do vírus, incluindo se ele começou a se espalhar mais cedo do que se pensava.

  Porém, o que continua intrigando o mundo é por que não houve uma segunda onda entre os chineses, que tiveram bloqueios regionais, como na província de Wuhan, de apenas três semanas? E hoje a vida está absolutamente normal!

  Trump, enquanto enfrenta sua mais difícil batalha, parece o único a questionar esses fatos que mudaram radicalmente a vida das pessoas no ocidente!

0 comentários: