MELHOR AMIGA DE DIANA ACUSA BBC DE FATURAR COM 'UM CRIME'

20.11.20 Simone Galib 0 Comments


   


Uma das melhores amigas da princesa Diana, Rosa Monckton, acusou a emissora britânica BBC de "ganhar muito dinheiro com um crime".

Ela disse que "os métodos desonestos" do repórter Martin Bashir para fazer uma entrevista exclusiva com Diana, em 1995, "mudaram o curso da história".

Rosa Monckton também elogiou o príncipe William por defender sua mãe e saudou a nova investigação sobre como Diana foi "coagida" a dar sua famosa entrevista para o programa Panorama, da BBC.

Segundo sua amiga, Diana ficou muito "nervosa" e pensou que estava sendo perseguida depois que Bashir "alimentou suas mentiras insensíveis sobre o príncipe Charles". A princesa morreu dois anos depois.

As declarações de Rosa foram dadas em uma entrevista ao ITV News na quinta-feira (19).

Ela disse que o fato de "o príncipe William e o Palácio de Kensington fazerem uma declaração, mostra o quanto ele se envolveu nesta história e como sua mãe foi tratada."

E acrescentou:


“É muito importante olharmos para isso 25 anos depois. Mudou o curso da história."

  O repórter é acusado de alimentar Diana com uma série de mentiras  sobre a realeza e cortesãos para ganhar sua confiança.

 Ele teria dito que sua equipe a estava traindo, passando informações aos jornais, e que o príncipe Charles e que teria um caso com a babá Tiggy Legge-Bourke.

  Bashir supostamente se aproximou de Diana depois de mostrar ao irmão dela, Earl Spencer, extratos bancários falsos indicando que sua equipe estava sendo subornada.

  "Eu sei que as pessoas estão dizendo que Diana teria dado uma entrevista de qualquer maneira, mas ela não o fez e sempre disse não. Ela foi coagida a fazer isso, de uma forma tão desonesta", afirmou Rosa.

  Para ela, a carreira do repórter entrou em evidência "e a BBC ganhou muito dinheiro com este programa. Mas. eles usaram documentos fraudulentos para persuadir Diana e isso também é uma ofensa criminal".






 

0 comentários: