EMPRESÁRIOS BRITÂNICOS CRITICAM NOVO LOCKDOWN NACIONAL!

4.1.21 Simone Galib 0 Comments


    Os empresários britânicos reagiram mal ao novo bloqueio nacional decretado pelo primeiro-ministro Boris Johsnon a partir da meia-noite desta terça (5).   

    Eles afirmam que o governo mandou todos para casa, mas não anunciou nenhum apoio financeiro às empresas.

   Para representantes da indústria, as últimas restrições representam outro "golpe corporal" às várias empresas já em dificuldades.

   Johnson justificou o novo lockdown nacional como necessário para combater a nova cepa mais infecciosa do coronavírus que se espalha rapidamente por todo o Reino Unido.

   Os britânicos só poderão sair de casa por razões definidas por lei, como comprar itens essenciais, para trabalhar se não puder fazê-lo remotamente; para fazer exercícios físicos, buscar assistência médica ou para escapar da violência doméstica, informa a imprensa local.

   Quem desrespeitar as regras, poderá receber multas entre 200 libras e até 6,4 mil libras para reincidentes.   

   Para Adam Marshall, diretor-geral das Câmaras de Comércio Britânicas, "os bloqueios anunciados na Inglaterra e na Escócia são um duro golpe para nossas comunidades de negócios, na esteira dos prejuízos do comércio durante as festas de final de ano e da incerteza ligada ao final do período de transição do Brexit.

   Richard Burge, presidente-executivo da Câmara de Comércio e Indústria de Londres, afirma que:

  "O governo precisa entender que esta é uma maratona de Londres. Você planeja a longa distância, tem estações de alimentação e água ao longo do caminho e suporte após a linha de chegada. O Tesouro precisa apresentar seu plano para esta maratona. No momento, eles estão ausentes em serviço e, como consequência, Londres pode cair."


 


0 comentários: