CEO DO PARLER É DEMITIDO DO CARGO: FUTURO DO SITE PERMANECE DESCONHECIDO!

4.2.21 Simone Galib 0 Comments


   John Matze, CEO do site de mídia social Parler, foi demitido do cargo. A decisão foi tomada pelo conselho da empresa, dia 29 de janeiro, sem a sua participação.

  O conselho é controlado por Rebekah Mercer, filha do bilionário Robert Mercer. E a demissão de Matze foi anunciada em primeira mão pela Fox News.

  Em um comunicado, Matze disse que, nos últimos meses, encontrou resistência constante a sua visão de produto, "minha forte crença na liberdade de expressão". 

   Ele disse ainda que "nas últimas semanas, trabalhei horas intermináveis e enfrentei batalhas constantes para fazer o Parler funcionar, mas neste momento o futuro do site não está mais em minhas mãos." 

  Sobre o futuro, contou que, primeiramente, vai tirar algumas semanas de folga, antes de buscar novas oportunidades no mercado.

  No início de janeiro, o Parler, que tem 12 milhões de usuários, foi banido das lojas de aplicativos da Apple e do Google.

  O motivo, segundo as gigantes de tecnologia, foi a publicação de conteúdo violento antes e durante a invasão do Capitólio dos EUA, em 6 de janeiro, algo que o Parler nega.

   Na sequência, o site foi banido dos servidores da Amazon e ficou offline. Matze entrou com uma ação pedindo a volta do Parler e indenização por quebra de contrato.

   O Parler já tem um novo domínio, mas ainda não está funcionando normalmente. E ninguém sabe até agora o que vai acontecer com o site de mídia social, que tinha uma linha conservadora.

   





0 comentários: