DIANA FICARIA 'FURIOSA' COM HARRY, DIZ CONFIDENTE DA PRINCESA!

24.2.21 Simone Galib 0 Comments

 

   Se estivesse viva, a princesa Diana teria ficado "furiosa" com o comportamento "confuso" do seu filho mais novo, Harry, em relação à coroa britânica. 

    A opinião é do estilista Roberto Devorik, que foi o melhor amigo e confidente de Diana durante toda a sua vida adulta. Ele disse à revista espanhola Hola que Lady Di queria que Harry ajudasse a formatar uma "monarquia moderna". 

   Devorik acredita também que "Meghan é o chefe da família", enquanto Harry se comporta como "um menino que sofreu muito e acha que a esposa tem o legado de Diana. Mas ele está muito confuso".

   O estilista revelou ainda que Lady Di disse a ele inúmeras vezes que "gostaria que seus filhos fossem príncipes de "uma coroa moderna".

   Por outro lado, ele considera "lógica" a decisão da rainha Elizabeth de afastar o casal dos seus patrocinadores da realeza. 

   Segundo Roberto, Harry "é o neto favorito da rainha, mas ela foi forçada a colocar a monarquia em primeiro lugar. Para a Coroa, o que Harry fez é imperdoável".

   E acrescentou:

  "Você não pode morar em uma mansão na Califórnia, assinar contratos comerciais milionários e também receber dinheiro dos cofres públicos ou continuar a representar a Coroa."

    O casal foi destituído permanentemente de suas funções na realeza na semana passada, após o período de um ano do seu desligamento da Corte e mudança para os Estados Unidos.

   De imediato, os dois emitiram uma nota declarando que ofereceriam "apoio contínuo às organizações que representaram, independente de seu papel oficial. O serviço é universal". 

   Essa postura irritou a família real. Fontes disseram que o príncipe William ficou "muito triste e genuinamente chocado" com o comportamento do irmão em relação à rainha, classificando-o como "altamente desrespeitoso".

    Fontes próximas à monarca disseram à imprensa britânica que "a resposta foi petulante e um insulto à rainha". O amigo de Diana a considera "vergonhosa".

  Para ele, "ninguém está proibindo Harry de ajudar as pessoas, mas ele não deve receber os privilégios da coroa".

   O estilista disse ainda que a partir de agora, o príncipe Harry "terá uma vida normal, o que ele queria".












0 comentários: