IMPEACHMENT DE TRUMP É 'CONSTITUCIONALMENTE DEFEITUOSO', DIZ DEFESA

8.2.21 Simone Galib 0 Comments

    O nome de Donald Trump volta com força ao noticiário internacional: está previsto para esta terça-feira (9) o início do julgamento pelo Senado americano do segundo processo de impeachment do ex-presidente.

    Para seus advogados, a alegação de que Trump incitou a invasão do Capitólio em 6 de janeiro é "constitucionalmente defeituosa, não resultará em condenação e infringe seus direitos".

   No argumento de defesa - um documento com 78 páginas - eles dizem que o Senado não pode condenar um ex-presidente.

   E afirmam que o impeachment julgado pela Câmara em janeiro é "problemático" porque juntou vários supostos crimes em um único artigo de impeachment - em vez de vários artigos.

   Diz ainda a defesa "que quando o Senado realiza um julgamento de impeachment de um cidadão privado, está agindo como juiz e júri, e não como orgão legislativo".

   Segundo os advogados, o pedido de impeachment "foi apenas uma tentativa egoísta da liderança democrata na Câmara de se aproveitar dos sentimentos de horror e confusão que assolaram os americanos ao ver a destruição do Capitólio por algumas centenas de pessoas".

    Para ser aprovado, o impeachment precisa de dois terços de votos favoráveis do Senado.

   O julgamento será presidido pelo senador democrata Patrick Leahy, presidente do Senado pro tempore  (o senador mais antigo do partido da maioria) no lugar do chefe da Suprema Corte, John Roberts, que comandou o primeiro impeachment.

   Segundo a CNN, Roberts optou por não supervisionar porque Trump porque Trump não está mais no cargo. 

    Analistas políticos e alguns senadores não acreditam que Trump sofrerá o impeachment.

    























0 comentários: