REVISTA CARTA CAPITAL É CONDENADA A INDENIZAR LUCIANA GIMENEZ EM R$ 30 MIL!

4.2.21 Simone Galib 0 Comments


    A revista Carta Capital foi condenada a indenizar a apresentadora Luciana Gimenez por um artigo considerado pela Justiça ofensivo à honra da apresentadora.

    Segundo o site JOTA, a ação resultou de uma matéria, publicada em maio de 2019, de autoria do jornalista Brenno Tardelli.

    Escrito em inglês, com o título Calling Jagger to fight fascism (algo como chamando Jagger para lutar contra o fascismo), o texto tinha formato de carta e alertava o músico Mick Jagger, pai do filho de Luciana, para que ele interferisse na educação do filho.

   Ou seja: ele precisava saber que a mãe, Luciana, defendia a Reforma da Previdência feita por um "governo fascista" (no caso, o de Jair Bolsonaro), o que poderia prejudicar a formação do adolescente.

  O juiz Fernando José Cúnico, de São Paulo, entendeu que "o conteúdo extrapolou os limites da liberdade de expressão à medida em que a suposta crítica ao apoio político se fez através da desqualificação da autora como mãe, o que, sem dúvida, produz lesão na honra subjetiva da autora."

    O juiz também determinou que o texto fosse retirado do site da revista e determinou uma indenização de R$ 30 mil por danos morais. A ação pedia R$ 100 mil.





0 comentários: