'HARRY E MEGHAN ME CONTARAM COISAS MUITO CHOCANTES', DIZ OPRAH WINFREY!

2.3.21 Simone Galib 0 Comments

   A emissora CBS já está faturando com a entrevista que o príncipe Harry e Meghan Markle concederam a Oprah Winfrey, na Califórnia, tanto em repercussão, quanto financeiramente.

  Na noite de domingo (28), exibiu dois teasers de 30 segundos do programa, editados sob medida para alavancar a audiência. A entrevista vai ao ar na noite do próximo domingo (7).

  Em um deles, a top apresentadora, que foi uma das convidadas do casamento dos dois em 2018, revela que o casal havia lhe contado "algumas coisas bastante chocantes", entre elas que a vida na família real seria "insustentável".

   Ao mesmo tempo, a emissora americana anuncia que é a primeira grande entrevista desde que os dois deixaram a coroa britânica e mudaram para os Estados Unidos. 

   A bombástica entrevista, que deveria durar 90 minutos, foi estendida para duas horas.

   Segundo a imprensa britânica, foi para que a CBS arrecadasse mais dinheiro com publicidade. Um comercial de 30 segundos no intervalo custa US$ 200 mil. 

   Os clipes mostram o casal e Oprah sentados em um belo jardim. Com uma música dramática de fundo, a apresentadora pergunta a Meghan "se ela estava silenciosa ou foi silenciada" em uma suposta alusão à família real. Ela faz uma expressão enigmática e não aparece falando.

  E Oprah enfatiza que quer deixar claro a todos "que não há assunto que esteja fora dos limites" durante a conversa. Meghan sinaliza concordar.

  O segundo clipe mostra Harry dizendo: "Meu maior medo era que a história se repetisse".

  O príncipe compara a situação enfrentada por Diana com a que ele diz que ele e Meghan estão vivendo. E enquanto fala, é mostrada uma foto dele de menino com a mãe. A trilha sonora também é novamente dramática.

  "Estou realmente aliviado e feliz por estar sentado aqui, conversando com você, e minha esposa ao meu lado, porque eu não consigo nem imaginar como deve ter sido para ela (Diana) passar por todo esse processo sozinha todos aqueles anos, porque tem sido incrivelmente difícil para nós dois. Mas, pelo menos temos um ao outro", diz Harry.

  O palácio não comentou oficialmente os anúncios da entrevista para evitar polêmicas e não fragilizar ainda mais as já conturbadas relações entre os dois e os membros da família real.

  Mas, o jornal Daily Mail ouviu o biógrafo do príncipe Charles, que não economizou nas críticas à amostra da entrevista.

   Ele disse que o clipe estava repleto de "absurdos exagerados e melodramáticos" e ridicularizou a sugestão de Meghan de que ela havia sido "silenciada".

"A rainha e a família real não são a família Corleone de Windsor. Não há assassinos ​​circulando por ali, silenciando as pessoas."

  Nesta terça-feira (2), o jornal publicou com exclusividade de que Meghan estava planejando dar uma entrevista à TV americana há dois anos. Mas, seus planos acabaram frustrados pela interferência da equipe de relações públicas do palácio.

   Ao longo desta semana e da outra, o casal que diz ter deixado o Reino Unido por conta do assédio da imprensa e em busca de uma vida privada, vai continuar sob os holofotes da mídia internacional, algo que os dois parecem gostar e incentivar. 

  Ou talvez não queiram perder a visibilidade assim como perderam os patrocínios da realeza e Harry, os títulos militares honorários que tanto amava.

   Mas, agora estão em Hollywood e criam o seu próprio roteiro!


0 comentários: