LÍDERES MUNDIAIS DEVEM TER TRATAMENTO DIFERENCIADO NO TWITTER?

19.3.21 Simone Galib 0 Comments

    Você acha que os líderes globais devem estar sujeitos às mesmas regras dos demais usuários no Twitter?

   É o que a plataforma quer saber agora da opinião pública e busca ainda um retorno sobre que tipo de atitude deveria ser tomada quando um deles viola as regras.

  Para isso, está consultando especialistas em direitos humanos, organizações da sociedade civil e acadêmicos em todo o mundo sobre a questão.

  As respostas vão servir de base para futuras revisões da política interna do site. A pesquisa estará aberta até 12 de abril, em 14 idiomas, esclareceu o Twitter em seu blog.

  Nos últimos meses, houve muita polêmica em torno do assunto, principalmente quando o ex-presidente Donald Trump (ainda no cargo) foi banido definitivamente do Twitter. 

  Os senadores republicanos são os mais críticos. Em várias audiências no Congresso, disseram que as "práticas de moderação de conteúdo" do Twitter "injustamente silenciam as vozes conservadoras na plataforma". 

  Em outubro de 2020, o senador Roger Wicker perguntou ao CEO do Twitter, Jack Dorsey, durante uma audiência, por que demorou meses para analisar um post do porta-voz do partido da comunidade chinesa, afirmando que os militares americanos eram os responsáveis pela propagação do coronavírus?

  Por outro lado, verificou imediatamente um post de Trump onde dizia que as cédulas eleitorais enviadas pelo correio são sujeitas a fraudes, relata a CBS News.

  Dorsey disse que a empresa tomou medidas contra os tweets de líderes em todo o mundo e considera a gravidade do dano potencial quando as postagens violam as regras de engajamento.

  "Acreditamos que é importante que todos tenham contato com os líderes globais. Queremos ter certeza de que estamos respeitando seu direito de falar e publicar o que precisam", respondeu ele ao senador.

  O assunto é polêmico porque envolve a liberdade de expressão, referendada pelos regimes democráticos, como os EUA.

0 comentários: